ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  27    CAMPO GRANDE 14º

Interior

Caminhoneiros da região Sul morrem em acidente na BR-163

A colisão aconteceu por volta das 11h40 no km 37 e levou a óbito três pessoas

Gabriel de Matos | 22/03/2023 18:49
Caminhão carbonizado após acidente na BR-163 (Foto: Divulgação)
Caminhão carbonizado após acidente na BR-163 (Foto: Divulgação)

Duas das vítimas do acidente no km 37 da BR-163, na altura de Eldorado, na região conhecida como Baixada do Matadouro, eram da região Sul do Brasil. Os dois homens que estavam no caminhão, que foi encontrado pegando fogo no sentido contrário, eram Marcos Antônio Raini e Diego Silva de Souza. Já o ocupante do outro veículo era Ricardo Geller.

Os primeiros estavam em caminhão bitrem e os policiais encontraram o veículo pegando fogo no local da ocorrência. A colisão aconteceu por volta das 11h40. Marcos Antônio Raini era natural de Cascavel, no Paraná. Diego Silva não teve a cidade identificada pela reportagem. A outra vítima que estava em um caminhão-baú é catarinense, natural de Maravilha.

O boletim de ocorrência registrado pela Delegacia de Polícia de Eldorado informa a dinâmica do acidente. Segundo testemunha que vinha no sentido Mundo Novo, ele foi ultrapassado pelo veículo ocupado por Ricardo Geller, que conseguiu retornar para sua pista de rolamento.

Marcos Antônio Raini e Ricardo Geller foram vítimas do acidente (Foto: Redes Sociais)
Marcos Antônio Raini e Ricardo Geller foram vítimas do acidente (Foto: Redes Sociais)

Quando Geller chegou à subida no km 37, o caminhão ocupado por Marcos Raini e Diego Silva, "aparentemente sem motivo algum", segundo a testemunha, invadiu a pista contrária e ocasionou a colisão.

Marcos Antônio Raini e Ricardo Geller foram carbonizados no local. Diego Silva de Oliveira foi arremessado para fora do veículo e veio a óbito. A funerária foi acionada, recolheu os corpos e encaminhou ao IML (Instituto Médico Legal) de Naviraí.

Nos siga no Google Notícias