A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 01 de Março de 2017

04/12/2010 13:48

Casa de suspeito de estupro é destruída por incêndio em Coxim

Ricardo Campos Jr.

Polícia Civil deve investigar as causas do incidente.

Vizinhança estaria revoltada com os crimes praticados pelo dono da casa incendiada. (Foto: Edição de Notícias)Vizinhança estaria revoltada com os crimes praticados pelo dono da casa incendiada. (Foto: Edição de Notícias)

A casa de um homem de 49 anos que é acusado de estupro em Coxim, cidade que fica a 260 quilômetros de Campo Grande, foi incendiada na madrugada de hoje (04) e ficou completamente destruída.

Segundo informações do site Edição de Notícias, o Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 2 horas para ir até o local que fica no bairro Nova Coxim. Quando chegaram ao local constataram que era a casa do suspeito.

A Polícia Civil vai investigar se o incêndio foi criminoso. Um morador da região que não quis se identificar contou ao site Edição de Notícias que muitas pessoas do bairro estão revoltadas com os crimes que o garapeiro vinha praticando.

Na última sexta-feira (3), ele disse que viu umas pessoas rondando a casa e em seguida retirando um botijão de gás, fato que foi comunicado por ele à Polícia.

Crimes – O acusado foi preso na última terça-feira (30), por ter entrado na casa de uma família e estuprado uma criança de 10 anos. No entanto, não é a primeira vez que o garapeiro comete crime semelhante.

Em outra ocasião tentou estuprar uma garota de 12 anos. Na ocasião, segundo o Edição de Notícias, ele entrou o quarto dela. A vítima acordou e gritou pedindo socorro a familiares, espantando o estuprador.

O garapeiro estava com um mandado de prisão emitido pela comarca de Cuiabá (MT). Na capital mato-grossense, Borges abusou sexualmente de um menino de 4 anos e foi condenado a 7 anos de prisão por atentado violento ao pudor.

(Com informações do site Edição de Notícias)

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions