A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Agosto de 2019

05/08/2019 10:06

Cesta básica tem alta de 1,51% em um mês, aponta pesquisa do Procon

Mais uma vez a variação foi grande e a liderança ficou com a esponja de aço, com diferença de 731% entre o menor e o maior preço

Helio de Freitas, de Dourados
Quilo da cebola varia 51% em mercados de Dourados, segundo pesquisa do Procon (Foto: Arquivo)Quilo da cebola varia 51% em mercados de Dourados, segundo pesquisa do Procon (Foto: Arquivo)

O preço da cesta básica subiu 1,51% nos últimos 30 dias em Dourados, a 233 km de Campo Grande, segundo pesquisa divulgada nesta segunda-feira (5) pelo Procon. O levantamento foi feito nos dias 1º e 2 deste mês em dez supermercados da cidade. A pesquisa inclui 28 itens considerados de primeira necessidade e não há detalhes sobre quais deles puxaram a alta média no preço final da cesta básica.

Conforme o Procon, como já virou rotina, mais uma vez os produtos apresentaram variação significativa de um estabelecimento para outro. A liderança ficou com a esponja de aço, pacote com oito unidades, que custa de R$ 0,95 a R$ 7,90 – variação de 731,58%.

A segunda maior variação foi no preço do papel higiênico pacote com quatro unidades – 413,71%. A goiabada 600 gramas varia 396,65% nos mercados de Dourados. A pesquisa do Procon não leva a marca dos produtos em consideração.

O alho 200 gramas apresentou diferença de 278,11% entre o menor e o maior preço. A batata teve diferença de 155,38% e o extrato de tomate 350 ml varia 347,19%.

A dúzia de ovos teve variação de 151,90%. O pacote de 500 gramas de erva-mate para tereré apresentou diferença de 206,22%. O preço médio da cesta básica varia 27,2% - de R$ 105,14 a R$ 133,73.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions