A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

01/03/2016 10:32

Cheia do Rio Dourados diminui, mas água ainda invade rodovia e casas

Com redução da chuva desde a tarde de ontem, nível do rio ficou abaixo dos cinco metros, mas 12 famílias continuam fora de casa

Helio de Freitas, de Dourados
Moradores ainda estão com casas alagadas na Vila dos Navegantes (Foto: Jefferson Duarte/Divulgação)Moradores ainda estão com casas alagadas na Vila dos Navegantes (Foto: Jefferson Duarte/Divulgação)
Maria Martins está em abrigo e espera casa alugada pela prefeitura (Foto: Jefferson Duarte/Divulgação)Maria Martins está em abrigo e espera casa alugada pela prefeitura (Foto: Jefferson Duarte/Divulgação)

Sem chuva desde ontem à tarde na região, o nível do Rio Dourados baixou pelo menos um metro na manhã de hoje (1º) em Fátima do Sul, a 246 km de Campo Grande. Entretanto, a cheia iniciada no fim de semana após chuvas intensas continua alagando casas na Vila dos Navegantes e inundando parte da MS-376, que liga a cidade a Dourados.

A rodovia ainda tinha água sobre o asfalto, na entrada da cidade, mas permanece liberada nos dois sentidos. Ontem a pista chegou a ser parcialmente interditada após o rio alagar os dois lados da estrada.

Na Vila dos Navegantes, bairro próximo ao Rio Dourados, pelo menos 12 famílias continuam fora de casa porque o local está embaixo de água. Móveis e roupas foram removidos e levados para o abrigo providenciado pela prefeitura ou para a casa de parentes.

Aluguel social – Outros moradores, no entanto, decidiram permanecer nas casas, mesmo com água do rio inundando quintais e até os cômodos. Segundo a prefeitura, dez famílias estão em casas alugadas pelo município através do projeto “aluguel social”.

Maria Martins está abrigada no Centro de Convivência do Idoso de Fátima do Sul. Ela disse que espera ser encaminhada para o “aluguel social”, já que não tem previsão de quando poderá retornar para sua residência. Wilson Calixto de Alencar mora em casa alugada pela prefeitura desde a cheia de dezembro. Ele pretende construir uma nova casa.

Campanha – Acadêmicos do 7° semestre de pedagogia de uma faculdade particular de Fátima do sul lançaram ontem o projeto "SOS Navegantes - Um ato de amor ao próximo", para ajudar famílias atingidas pela cheia do rio.

O objetivo é arrecadar alimentos não perecíveis, água potável, materiais de limpeza e higiene e roupas de cama mesa e banho. Todos os produtos arrecadados serão destinados às famílias atingidas pela chuva. As doações podem ser entregues na sede da Fafs/Uniesp. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (67) 9697-9515.

Mesmo com redução da chuva, rio continua alagando rodovia (Foto: Ribero Junior/Siliganews)Mesmo com redução da chuva, rio continua alagando rodovia (Foto: Ribero Junior/Siliganews)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions