A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Julho de 2019

02/10/2018 11:28

Cinco são autuados em flagrante após furto em empresa de reciclagem

Dos oito índios presos ontem pela Polícia Militar, três foram liberados, mas ainda podem ser indiciados

Helio de Freitas, de Dourados
Objetos usados como armas em invasão à empresa de materiais recicláveis (Foto: Arquivo)Objetos usados como armas em invasão à empresa de materiais recicláveis (Foto: Arquivo)

Cinco dos oito índios presos ontem (1º) acusados de invadir uma empresa de materiais recicláveis em Dourados, a 233 km de Campo Grande, foram autuados em flagrante e continuam presos. Os outros três foram liberados, mas ainda podem ser indiciados durante as investigações.

Israel Saratui de Sousa, 22, Adriel Almeida Aguero, 21, Gilberto Fernandes Ricarte, 26, Marcelina Almeida, 67, e Elza Paulo, 49, foram autuados em flagrante por quatro crimes: furto qualificado, associação criminosa, ameaça e resistência.

O grupo permanece recolhido na 1ª Delegacia de Polícia e amanhã (3) passa por audiência de custódia. O Judiciário poderá manter as prisões ou determinar a soltura dos acusados.

De acordo com a Polícia Militar, a empresa de materiais recicláveis localizada na margem da Avenida Guaicurus, ao lado da aldeia Bororó, foi invadida inicialmente de madrugada por um grupo de pelo menos 20 índios.

O grupo teria quebrado a porta da residência do caseiro de 65 anos e feito ele e a mulher, de 62 anos, de reféns, ameaçando-os de morte. “Os acusados lançaram fogos de artifício dentro da residência como forma de promover medo às pessoas que lá estavam”, informou a PM.

Dois índios foram presos durante a madrugada e levados para a delegacia. Um carro VW Polo cinza foi levado da empresa. Depois que a dupla foi levada para a Polícia Civil, algumas pessoas ligaram para a delegacia e propondo devolver o veículo pela liberdade dos acusados.

Por volta de meio-dia de ontem, a PM voltou à empresa após denúncia de que os índios teriam invadido novamente e roubado objetos dos funcionários. Facas, fogos de artifício, foices e flechas foram apreendidos.

Israel e Adriel teriam investido contra os policiais e foram presos junto com outras quatro pessoas. O carro foi apreendido com o grupo.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions