ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUINTA  21    CAMPO GRANDE 22º

Interior

Com baixa umidade, fuligem e tempestade de areia voltam ao Pantanal

Poeira veio acompanhada de vento de 50 quilômetros por hora e sensação térmica de 43°C

Por Tainá Jara | 25/11/2020 18:45
Tempestade de areia foi registrada em Corumbá (Foto: Direto das Ruas)
Tempestade de areia foi registrada em Corumbá (Foto: Direto das Ruas)

Tempestade de areia voltou a ser registrada nesta quarta-feira, na região do Pantanal, em Mato Grosso do Sul. O fenômeno foi registrado em Corumbá, distante 420 quilômetros de Campo Grande, ocorreu entre às 14h e 15h e foi acompanhado de ventos de 50 quilômetros por hora.

De acordo com o meteorologista Natálio Abraão, as tempestades de areia não são comuns nesta região. “O local está com umidade relativa do ar baixa e temperaturas elevadas, com muita cinza, fuligem e poeira provocando elevação devido ao vento”, explicou.

A umidade relativa do ar ficou em 28% hoje e a máxima foi de 39,3°C, com sensação térmica de 43°C.

Em outubro, o fenômeno ocorre na região da Serra do Amolar, uma das áreas mais preservadas do Pantanal. O bioma teve 2,9 milhões de hectares consumidos pelo fogo desde o início de 2020, o que equivale a mais de 20%.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário