A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018

05/05/2016 09:30

Contratado por R$ 60 mil, paulista é preso com 68 quilos de pasta-base

Motorista de carreta foi a Ponta Porã à procura de frete, mas acabou “recrutado” por traficante para levar droga ao norte de Minas Gerais

Helio de Freitas, de Dourados
Paulista foi preso com pasta-base de cocaína em compartimento de carreta (Foto: Divulgação/PRF)Paulista foi preso com pasta-base de cocaína em compartimento de carreta (Foto: Divulgação/PRF)
Policial faz teste químico em pasta-base apreendida ontem (Foto: Divulgação/PRF)Policial faz teste químico em pasta-base apreendida ontem (Foto: Divulgação/PRF)

Um paulista de 44 anos, residente em Iperó (SP), foi preso por volta de 22h de ontem (4) no município de Ponta Porã, a 323 km de Campo Grande, transportando 68,5 quilos de pasta-base, que depois de refinada é transformada em cocaína.

Estimativas dos policiais revelam que essa quantidade de matéria-prima é suficiente para produzir até meia tonelada da droga após o refino. A PRF (Polícia Rodoviária Federal) avaliou o carregamento de entorpecente em R$ 1 milhão.

Motorista profissional, Ismael Carlos dos Santos conduzia uma carreta Volvo e disse que veio à fronteira com o Paraguai à procura de frete, mas acabou sendo recrutado por um fornecedor de drogas, que ele afirma não conhecer, que lhe ofereceu R$ 60 mil para levar a pasta-base até Montes Claros, principal cidade da região norte de Minas Gerais.

De acordo com a PRF, a apreensão ocorreu no km 68 da BR-463, que liga Ponta Porã a Dourados. Os tabletes de pasta-base estavam em um compartimento oculto, dentro de cilindro de ar comprimido localizado embaixo da carroceria.

Ismael dos Santos contou aos policiais que chegou segunda-feira a Ponta Porã e nas proximidades da Receita Federal foi abordado por um homem barbudo, que lhe ofereceu o serviço.

Após acertar a empreitada, o motorista disse que entregou a carreta ao desconhecido na terça-feira (3), devolvido ontem, já com a droga escondida. Quando foi parado na estrada com a carreta vazia, Ismael disse que seguia para Dourados, já que não tinha conseguido frete em Ponta Porã. Ele foi levado à Polícia Federal em Ponta Porã e autuado em flagrante por tráfico internacional de drogas.

Maconha em ônibus – Na manhã de hoje (5), os policiais rodoviários federais apreenderam 23,6 quilos de maconha que estavam sendo levados para Rondonópolis (MT), de ônibus, por um estudante de 17 anos.

O rapaz disse aos policiais que receberia 1 kg da droga para levar a maconha até a cidade mato-grossense, mas se negou a falar quem o contratou e para quem entregaria a carga. Ele foi encaminhado para a Polícia Civil em Ponta Porã.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions