ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEXTA  23    CAMPO GRANDE 30º

Interior

Coronel Adib Massad está internado em “estado grave”, diz filha

Ex-comandante do antigo GOF tem 91 anos e está internado em Campo Grande

Por Helio de Freitas, de Dourados | 03/03/2021 10:13
Coronel Adib Massad em homenagem na Assembleia Legislativa, em agosto de 2018 (Foto: Wagner Guimarães/ALEMS)
Coronel Adib Massad em homenagem na Assembleia Legislativa, em agosto de 2018 (Foto: Wagner Guimarães/ALEMS)

O coronel da reserva da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul Adib Massad está internado em estado grave no hospital da Unimed, em Campo Grande. Aos 91 anos, o lendário comandante do antigo GOF (Grupo de Operações de Fronteira) está em “quadro de despedida”, como narra a filha dele em áudio enviado para a família através do aplicativo WhatsApp.

“Conversei com a médica e ela afirmou que os últimos antibióticos estão sendo dados para o papai. São antibióticos fortes, ele está muito debilitado. Por causa dessa fragilidade física, o rim não vai suportar. Ela falou que o quadro clínico dele não é bom e o que eles podem fazer agora é só diminuir o sofrimento do papai”, diz Kátia Massad, a filha mais velha do coronel. Adib Massad tem sete filhos, sendo quatro mulheres e três homens. Uma das filhas e um dos filhos são adotivos.

A esposa disse a familiares que Adib Massad não está sofrendo, mas não consegue mais se comunicar. “Ele está respirando, somente, nem abre mais o olho”, disse ela. Aos 75 anos de idade, Constantina está casada há 61 anos com o coronel.

Respeitado em toda a fronteira com o Paraguai, Adib Massad entrou na Polícia Militar em 1953 e comandou o Grupo de Operações de Fronteira (atualmente DOF) entre o final dos anos 80 e primeira metade da década de 90.

Ele tinha fama de enfrentar os bandidos à bala, principalmente arrastadores de carros, que existiam aos montes na linha internacional. Em 1996, Adib Massad provou nas urnas a popularidade que tinha entre os moradores de Dourados. Naquele ano, foi eleito vereador com 2.830 votos, o mais votado.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário