A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

22/09/2016 20:58

Crianças que foram estupradas reconhecem autor ao verem tatuagens

Fernanda Yafusso
Autor foi reconhecido pelas vítimas por meio das tatuagens. (Foto: Maracaju Speed)Autor foi reconhecido pelas vítimas por meio das tatuagens. (Foto: Maracaju Speed)

Lauro dos Santos Duarte, de 33 anos, preso por suspeita de ter estuprado quatro crianças com idade entre 10 e 12 anos, e ainda tentado praticar o crime contra uma quinta criança, na cidade de Maracajú - cidade localizada a 160 km de Campo Grande -, foi identificado por três vítimas das cinco vítimas.

Na última quarta-feira (21), elas foram até a delegacia da cidade relatar que foram violentadas pelo suspeito, e o reconheceram por suas tatuagens, após o SIG (Setor de Investigações Gerais) da DP (Delegacia de Polícia Civil de Maracaju) investigar os crimes praticados por Lauro.

Segundo informações do site Maracaju Speed, o autor foi preso após ter estuprado uma criança de 10 anos no bairro Fortaleza, em junho deste ano. Além de ter cometido uma tentativa de estupro, ocorrida em agosto de 2013 no Bairro BNH, contra uma criança de 12 anos.

O primeiro caso ocorreu em novembro de 2013, no bairro Paraguai. A vítima de 10 anos foi abordada por Lauro com a desculpa que estava oferecendo filhotes de cachorro. Após isso, levou-a até uma construção onde abusou sexualmente da vítima.

Já no segundo caso, ocorrido em setembro de 2013, no bairro Nestor Muzzi, a vítima de 11 anos estava sozinha em casa e o autor pediu um copo d’água. No mesmo momento, ele agarrou a criança até seu quarto e cometeu os abusos. 

No terceiro caso, a vítima de 12 anos de idade reconheceu Lauro como autor da tentativa de estupro, ocorrido no dia em junho de 2014 no bairro Olídia Rocha. O crime não foi consumado porque um vizinho notou algo estranho e gritou com o agressor.

Conforme depoimento das vítimas, Lauro aproveitava a ausência dos pais das crianças nas residências e entrava alegando diversos motivos, como algum conserto na casa, usando o momento em que abusava das crianças.

Além disso, o outro modo de agir do indiciado quando encontrava as crianças na rua, era chamá-las para ver os cachorros  no interior de imóveis em construções.

Durante as investigações todas as vítimas descreveram tatuagens coincidentes com as que Lauro possui. Houve relatos também da utilização de uma motocicleta Honda Titan, de cor vermelha, e de um calçado do tipo botina com a costura trançada.

Lauro foi indiciado por cinco crimes de estupro de vulnerável, dos quais três na forma consumada e dois na forma tentada. A polícia pede ainda que se mais alguma vítima reconhecer o autor, entre em contato através do telefone (67) 3454-1972 ou pelo email: dpmaracaju@pc.ms.gov.br



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions