ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, SEGUNDA  08    CAMPO GRANDE 22º

Interior

Decreto deixa ainda mais rígidas medidas de controle à covid em Dourados

Novas regras começam a valer a partir de amanhã (17) e terão duração de 10 dias

Por Clayton Neves e Helio de Freitas, de Dourados | 17/01/2021 20:24
Lojas do centro de Dourados fechadas no período da manhã. (Foto: Eliel Oliveira)
Lojas do centro de Dourados fechadas no período da manhã. (Foto: Eliel Oliveira)

Decreto da prefeitura de Dourados publicado neste domingo (17) deixa ainda mais restritivas as medidas de controle à covid-19 na cidade. As novas regras começam a valer a partir de amanhã (17), e decisão levou em consideração a taxa de ocupação dos leitos de hospitais, que permanece acima dos 90%.

Com duração de 10 dias, o decreto suspende o funcionamento de tabacarias, bares, boliches e sinuca. Conveniências podem abrir de segunda a domingo entre as 11h e 18h, e depois  disso, somente por delivery.

Mudanças também foram feitas para cerimônias de casamentos e celebrações religiosas, que poderão acontecer com no máximo 30% da capacidade do local e não pode ultrapassar o número de 80 pessoas no ambiente.

Festas de qualquer natureza, inclusive casamentos em chácaras, espaços de eventos ou salões de condomínios estão proibidos a partir de agora. A regra vale para eventos particulares ou de empresas.

A mesma proibição vale para o funcionamento de saunas, aumentando a lista de locais vetados, que já incluíam bibliotecas, museus, teatros, cinemas, arenas e parques públicos.

Neste domingo (17), a secretaria municipal de saúde de Dourados divulgou que nas últimas 24 horas foram registrados 148 novos casos na cidade, sendo quatro deles em reservas indígenas. Hoje, são 84 douradenses internados em hospitais da cidade, 44 deles em leitos de UTI.

Desde o início da pandemia, a segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul já registrou 197 mortes e contabilizou 16.627 pessoas que contraíram o novo coronavírus.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário