ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, QUINTA  18    CAMPO GRANDE 16º

Interior

Diretor de trânsito manda taxistas "quebrarem no pau" motoristas clandestinos

Reponsável por fiscalização no trânsito, Adir Diniz dá orientação ao ser cobrado sobre concorrência desleal

Por Geniffer Valeriano | 22/02/2024 18:51

“Desce todo mundo lá, desce do carro, arrasta ele pra fora e quebra ele no pau”, diz Adir Diniz, diretor de Trânsito de Ribas do Rio Pardo, em áudio que tem circulado em vários grupos de conversa do município. A orientação é dada a taxistas “combaterem” os motoristas clandestinos que circulam pela cidade.

Taxista da cidade, de 37 anos, que pediu para não ser identificado, contou que há cerca de um ano e meio a concorrência aumentou com a instalação da fábrica da Suzano na cidade. “O negócio é que não tem ninguém que cobra, então qualquer um chega, coloca placa de táxi ou de aplicativo e fica rodando pela cidade. Enquanto nós que somos legalizados precisamos fazer um monte de curso e cumprir mais outras regras”, desabafa.

No áudio recebido pelo Campo Grande News, Adir Diniz orienta como os taxistas poderiam impedir que os motoristas clandestinos ocupem os pontos de táxis. No início do áudio, o diretor de trânsito reconhece que a orientação é uma “decisão extrema”, mas mesmo assim prossegue com as instruções.

Diretor de Trânsito de Ribas do Rio Pardo, Adir Diniz (Foto: Reprodução)
Diretor de Trânsito de Ribas do Rio Pardo, Adir Diniz (Foto: Reprodução)

“Chega um motorista lá em Campo Grande e para em um ponto de táxi pra ver se ele não leva uma coça. Tendeu? [sic]. Vocês parem no ponto dos taxistas de lá e fica parado lá pra ver se os caras não batem em vocês”, diz no áudio.

Após fazer o comparativo, Adir encerra o áudio afirmando que a atitude serviria de “exemplo” para outro motoristas. “Tem que pegar um cara desses e dá um pau porque os outros apruma ou a polícia toma posição".

Discussões - A polêmica foi levada levado para a Câmara de Vereadores da cidade nesta terça-feira (20), pelo vereador Christoffer Jamesson da Silva, o Policial Christoffer (PSC). Durante a sessão, o parlamentar pediu por fiscalização nos pontos de táxis, acerca dos motoristas clandestinos.

O prefeito João Alfredo Danieze (PSOL) estava presente e disse que se reuniria com o gerente de trânsito para tratar o tema. “Eu vou encaminhar para o senhor posteriormente um áudio do diretor [Adir Diniz], onde ele orienta a quebrarem na porrada os clandestinos”, comentou o Christoffer na ocasião.

“Sou policial civil, então achei muita irresponsabilidade da parte dele. E se de fato acontecesse, será que ele ia ser responsabilizado ou até mandante do caso? A gente sabe que a lei ela pune por esse tipo de irresponsabilidade de incitação ao crime e como ele faz um negócio desse diante do cargo que ele ocupa”, comentou.

Para solucionar o problema entre os taxistas e os motoristas clandestinos, o vereador informou que na semana que vem haverá uma reunião com o prefeito, o comandante da Polícia Militar e os taxistas. “Não só para apaziguar, mas para também sanar esse problema”.

A reportagem procurou Adir Diniz por telefone, mas até o momento não houve retorno algum. O espaço segue aberto.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias