ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEGUNDA  23    CAMPO GRANDE 33º

Interior

Diretor do presídio semiaberto tem carro incendiado na porta de casa

Próximo ao veículo, foi encontrado um galão com cheiro forte de gasolina e fósforos. A polícia Civil investiga o caso.

Por Marcus Moura | 05/08/2017 08:46
Parta dianteira do veículo destruída pelo fogo. (Divulgação: Corpo de Bombeiros)
Parta dianteira do veículo destruída pelo fogo. (Divulgação: Corpo de Bombeiros)

O carro do diretor do presídio semiaberto de Corumbá, distante 419 quilômetros de Campo Grande, foi incendiado no início da tarde de ontem (4). O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas as chamas consumiram grande parte do veículo. A polícia Civil investiga o caso.

Ao portal Diário Corumbaense, Domingos Sávio de Arruda disse que no momento do incêndio o carro – Gol preto - estava estacionado na porta de sua residência. Próximo ao veículo, foi encontrado um galão com cheiro forte de gasolina e fósforos. Questionado sobre a possibilidade de um atentado, o diretor disse que só a investigação da polícia elucidará a questão.

Domingos assumiu a direção do semiaberto em 31 de janeiro deste ano, após a Operação Xadrez, desencadeada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) que investigou favorecimento a presos, corrupção e peculato nos presídios fechado e semiaberto de Corumbá.

Ainda ao Diário, a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) informou que o caso ainda não é tratado como atentado porque não houve nenhuma ameaça envolvendo Domingos, que trabalhava durante o incêndio.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário