ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, TERÇA  03    CAMPO GRANDE 20º

Interior

Dona de restaurante é notificada durante protesto contra decreto

Três Lagoas está entre os 43 municípios classificados com bandeira cinza pelo Prosseguir

Por Adriano Fernandes | 13/06/2021 21:29
Empresários reunidos em frente ao restaurante. (Foto: Perfil News)
Empresários reunidos em frente ao restaurante. (Foto: Perfil News)

Um grupo com cerca de 50 empresários, se reuniu nesta noite (13) em frente ao Restaurante Tomodachi, na Avenida Filinto Muller, em Três Lagoas, para protestar contra o novo decreto com medidas restritivas de prevenção ao novo coronavírus, que passou a valer neste domingo. A cidade está entre os 43 municípios classificados com bandeira cinza pelo Prosseguir, o que indica alto risco de contágio pela covid-19.

Nesta noite, o estabelecimento permaneceu de portas abertas para receber clientes, contrariando as determinações do decreto estadual que proíbe o atendimento presencial.  Diante do descumprimento, fiscais da Vigilância Sanitária foram até o estabelecimento com policiais militares e agentes do Batalhão de Choque, e notificaram a empresária.

Mesmo com a penalidade a proprietária do restaurante, Suzana Almeida Angeli, disse ao site Perfil News que não vai obedecer ao decreto. “Ninguém aguenta mais essa situação, se fechar nós vamos quebrar”, reclamou. Suzana ainda completou que "prefere arriscar do que quebrar seu estabelecimento". Os demais empresários presentes no restaurante também são do mesmo segmento. Uma advogada representando a Abrasel acompanhou o protesto.

Integrantes da AJE (Associação dos Jovens Empreendedores) e da ACTL (Associação Comercial de Três Lagoas) além do vice-presidente da Câmara de Vereadores, Sargento Adriano Cézar Rodrigues também estiveram no local. Um novo protesto deve ser realizado na manhã desta segunda-feira (14), na entrada da Câmara de Vereadores da cidade.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário