ACOMPANHE-NOS    
MAIO, DOMINGO  22    CAMPO GRANDE 14º

Interior

Drogas e munições são encontrados pela PRF em veículos de luxo na BR-262

Por Nyelder Rodrigues | 08/04/2017 18:32
Munições para fuzil e de uso restrito foram apreendidas (Fotos: Divulgação)
Munições para fuzil e de uso restrito foram apreendidas (Fotos: Divulgação)
Carros de luxo foram apreendidos após flagrante realizado nesta madrugada
Carros de luxo foram apreendidos após flagrante realizado nesta madrugada

Um grupo que levava drogas e munições para armamento pesado foi preso na madrugada deste sábado (8) em Água Clara - município localizado a 198 km de Campo Grande - após uma abordagem feita pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) na rodovia BR-262. Os patrulheiros tinham informações da PF (Polícia Federal) sobre o tráfico.

A investigação apontava que um grupo levaria pela BR-262 um carregamento de drogas para o interior de São Paulo. Sabendo disso, os dados foram repassados à PRF, que fez fiscalização na altura do KM 141 da rodovia.

Em uma das abordagens, foi parado um Jeep Renegade S, de Campo Grande, que carregava um roboque com uma moto de alta performance Honda CBR 1000 R. O motorista, um empresário de 37 anos, estava com uma passageira de 18 anos.

Durante a conversa com os policiais, os dois demonstraram nervosismo, gerando desconfiança. A PRF também abordou uma camionete Ford F-250 XLT F, que seguia viagem junto com o Renegade e era conduzido por um serralheiro de 26 anos.

Ambos condutores entraram contradição nas respostas em relação à origem, destino e finalidade da viagem. Então, foi feita uma busca nos veículos, sendo logo encontrados vários tabletes de maconha, que somaram 129,9kg, e as munições.

Drogas estavam em fundo falso (Foto: Divulgação)
Drogas estavam em fundo falso (Foto: Divulgação)

Ao todo, haviam 199 munições calibre 7,62, usadas em fuzis, e 71 munições calibre 9 mm, que são de uso restrito. O material era levado no reboque do Jeep, que também levava 51,7 kg de maconha. Já 78,2 kg estavam na camionete, em fundo falso.

No momento da descoberta dos entorpecentes, segundo da PRF, nenhum dos envolvidos manifestaram qualquer sinal de surpresa, seguindo apenas apresentando nervosismo diante do flagrante policial. Ao serem questionados, o motorista do Renegade afirmou que pegou a carga em Campo Grande, de pessoa desconhecida.

Ele revelou que levaria para a cidade de Itapirá (SP) a carga, onde pessoa também desconhecida iria recebê-la. Os demais envolvidos, o condutor da F-250 e a passageira do Renegade, alegaram desconhecer o transporte ilícito e que apenas estariam acompanhando o condutor do utilitário em evento de motociclismo naquela cidade.

Os três foram presos por tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas e tráfico de armas de fogo de uso restrito. Os veículos, o entorpecente e as munições de calibre restrito foram encaminhados para a delegacia da PF (Polícia Federal) de Três Lagoas juntamente aos detidos.

Nos siga no Google Notícias