A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

26/04/2016 13:07

Em dia de greve de agentes, detento é encontrado morto em presídio

Homem de 29 anos, que estava preso desde 2014 por tráfico, foi encontrado morto no raio 2 do presídio estadual de Dourados

Helio de Freitas, de Dourados
Presídio de Dourados tem 2.435 internos, o mais superlotado de MS (Foto: Arquivo)Presídio de Dourados tem 2.435 internos, o mais superlotado de MS (Foto: Arquivo)

O presidiário Tiago da Luz da Silva, 29, foi encontrado morto por volta de 12h desta terça-feira (26) na PED (Penitenciária Estadual de Dourados). A morte ocorre no dia em que a maioria dos 90 agentes penitenciários que trabalham no local faz paralisação para cobrar do governo do Estado um plano para garantir mais segurança aos servidores.

De acordo com a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), a morte de Tiago está sendo apurada, já que o detento foi encontrado pelos agentes penitenciários no saguão superior do Raio 2, durante o fechamento do banho de sol. Segundo a direção do presídio, o corpo estava encostado na parede, sem lesões ou ferimentos aparentes.

“O local foi isolado e a Coordenadoria Geral de Perícias foi chamada para os levantamentos necessários e coleta de provas. O caso será investigado pela Polícia Civil”, informou a Agepen através da assessoria.

Ainda de acordo com a agência, Tiago da Silva estava preso na penitenciária de Dourados desde 18 de novembro de 2014, por tráfico de drogas. Com 2.435 internos, o presídio douradense é atualmente o mais superlotado de Mato Grosso do Sul, com 45 detentos a mais que o Presídio de Segurança Máxima da Capital.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions