ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SEGUNDA  17    CAMPO GRANDE 22º

Interior

Em nova frente, agência antidrogas combate lavouras de maconha perto de MS

Além da Nova Aliança em parceria com a PF, Senad intensificou ações nos arredores de Bella Vista Norte

Por Helio de Freitas, de Dourados | 09/04/2024 09:09
Agente da Senad queima pés de maconha cortados em área de cultivo perto de MS (Foto: Divulgação)
Agente da Senad queima pés de maconha cortados em área de cultivo perto de MS (Foto: Divulgação)

A Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) do Paraguai iniciou nova ofensiva contra traficantes que cultivam maconha na linha internacional com Mato Grosso do Sul. Além da Operação Nova Aliança, desenvolvida em parceria com a Polícia Federal brasileira, as ações ocorrem também na região de Bella Vista Norte, cidade vizinha de Bela Vista (MS).

A operação iniciada há alguns dias ocorre na Estância Ñe’a, usada por facções criminosas brasileiras para plantação de maconha. Conforme a Senad, o departamento de Amambay, que tem extensa faixa de fronteira seca com MS, é o maior produtor de maconha do Paraguai, com roças espalhadas por várias regiões.

Até a manhã desta terça-feira (9), lavouras que ocupavam três hectares foram destruídas. Cada hectare produz, em média, três toneladas da droga por safra. Também foram destruídos 3,5 mil quilos da droga picada, em fase de processamento nos acampamentos improvisados no meio da mata.

Enquanto equipes de campo atuam na região de Bella Vista, outra frente de erradicação de cultivos de maconha continua em andamento mais ao sul da fronteira através da 43ª edição da Operação Nova Aliança, maior ofensiva de combate ao tráfico do planeta.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas  redes sociais.

Nos siga no Google Notícias