ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SEXTA  14    CAMPO GRANDE 31º

Interior

Em reforma há três anos, aeroporto de Dourados vai ser entregue à Infraero

Prefeitura anunciou que contrato com empresa pública federal deve ser assinado nos próximos dias

Por Helio de Freitas, de Dourados | 30/04/2024 17:03
Alan Guedes assina homologação de contrato que repassa aeroporto de Dourados à Infraero (Foto: Divulgação)
Alan Guedes assina homologação de contrato que repassa aeroporto de Dourados à Infraero (Foto: Divulgação)

Foi publicada nesta terça-feira (30) no Diário Oficial do Município a transferência da gestão do Aeroporto Regional de Dourados para a Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária). O documento foi homologado pelo prefeito Alan Guedes (PP) e o contrato será assinado nos próximos dias.

Ontem, completou três anos que o aeroporto da maior cidade do interior de Mato Grosso do Sul está fechado para reforma da estação de passageiros (concluída no ano passado) e construção de nova pista, cujas obras são feitas pelo Exército Brasileiro. Com o acordo, o aeroporto passará a ser mais um dos 27 já administrados pela empresa pública federal em todo o país.

Segundo a assessoria de Alan Guedes, a experiência da Infraero foi o principal motivo que levou a prefeitura a repassar a gestão à empresa.

“É melhor fiscalizarmos o contrato do que gerir o aeroporto. Hoje, a robustez da obra nos faz ter olhar mais profissional. A gente prefere entregar para uma empresa que tenha experiência e pessoal para isso, como é o caso da Infraero, que é preparada e terá mais agilidade na resolução de eventuais problemas”, afirmou Alan Guedes.

Técnicos em vistoria da pista do aeroporto e Dourados, em setembro (Foto: Fabiana Oliveira/Dourados News)
Técnicos em vistoria da pista do aeroporto e Dourados, em setembro (Foto: Fabiana Oliveira/Dourados News)

Obras – O Aeroporto Regional de Dourados passa por revitalização e adequação, em fase final, segundo a prefeitura, mas ainda sem data para a entrega oficial por parte do Departamento de Engenharia do Exército Brasileiro.

Mesmo antes da entrega, a documentação do processo de homologação está sendo inserida no sistema para análise dos órgãos de controle.

“Ainda não temos data para a reabertura do aeroporto, já que o retorno das operações depende de aval da ANAC [Agência Nacional de Aviação Civil]. Estamos nos adiantando para, quando a entrega oficial acontecer, esses trâmites estejam encaminhados”, explicou Mariana de Souza Neto, diretora-presidente da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito).

Segundo ela, devido à sua categoria, o Aeroporto de Dourados não é obrigado a ter, nesse momento, a seção contra incêndios homologada para retornar à operação. “Esse fator não é impeditivo para que o aeroporto volte a funcionar. O caminhão da seção contra incêndios que opera em Dourados está cedido para o Aeroporto de Bonito, mas deve retornar nas próximas semanas para Dourados”, explicou.

Responsável pela obra, o Exército alegou imprevistos no decorrer dos trabalhos, como infiltrações e ondulações inesperadas na pista. Também foram necessários vários aditivos de valores para não parar a obra. Atualmente, o custo total do projeto se aproxima de R$ 100 milhões.

O aeroporto já tem um terminal, que será utilizado até que o novo prédio fique pronto. A estrutura atual foi revitalizada no ano passado pela prefeitura, com R$ 770 mil em recursos próprios.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias