A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 15 de Outubro de 2019

17/09/2019 10:38

Empresa confirma atraso, mas diz que coleta de lixo só parou à noite

Representante da Financial disse que coleta ocorre em 70 bairros e empresa aguarda receber da prefeitura para pagar equipes

Helio de Freitas, de Dourados
Sacos de lixo acumulados na Avenida Marcelino Pires, no centro de Dourados (Foto: Adilson Domingos)Sacos de lixo acumulados na Avenida Marcelino Pires, no centro de Dourados (Foto: Adilson Domingos)

A suspensão da coleta de lixo na noite de ontem (16) em Dourados, a 233 km de Campo Grande, foi isolada, afirmou ao Campo Grande News representante da empresa Financial Ambiental, que detém a concessão do serviço público na segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul.

Segundo ele, na manhã desta terça-feira a coleta ocorre normalmente em pelo menos 70 bairros das regiões norte e oeste da cidade. A paralisação dos 30 coletores que trabalham à noite foi por atraso no pagamento e no kit alimentação de agosto.

Sem o serviço, o lixo retirado ontem à noite pelos moradores amanheceu na frente das casas no Jardim Água Boa, Vila Adelina e Jardim Rogotti, na região sul, e na calçada das avenidas centrais.

No centro, a coleta deve ser feita ainda nesta terça, mas nos bairros o lixo acumulado só deve ser recolhido amanhã. Em média, são coletadas 200 toneladas de lixo todos os dias em Dourados. A Financial tem 79 trabalhadores para fazer a coleta à noite e durante o dia.

O representante da Financial confirma o atraso no pagamento do salário de agosto e diz que o problema ocorreu porque a prefeitura não pagou pelo serviço prestado. Em média, a Financial deveria receber R$ 2 milhões por mês para cuidar da limpeza pública de Dourados.

De acordo com o representante, existe garantia da prefeitura de que o pagamento será feito hoje. Segundo ele, emissário da Financial está na sede da prefeitura, na Avenida Coronel Ponciano, esperando a liberação do dinheiro. “Agora, se não pagar hoje, amanhã para 100%”, afirmou.

A prefeitura informou, por meio da assessoria, que o pagamento à Financial será feito hoje. De acordo com o Portal da Transparência da prefeitura, neste ano a Financial recebeu R$ 16,2 milhões.

Segundo o portal, o último pagamento, de R$ 1,5 milhão, ocorreu em 3 de junho. De julho até este mês, R$ 5,2 milhões foram empenhados, mas nenhum centavo liberado.

Trabalhador da coleta disse à reportagem que o atraso nos salários ocorre há pelo menos cinco meses e a justificativa da empresa é sempre a mesma: de que a prefeitura não paga pelo serviço prestado.

“Também estamos sem aumento de salário desde maio. Ontem o representante da empresa falou que a greve é ilegal e ia descontar o dia parado porque o sindicato teria que ser informado. Só que a gente não sabe nem onde fica o sindicato, só sabemos que existe porque vem descontado [a contribuição sindical] do salário”, afirmou o coletor.

Lixo acumulado na Rua Maria de Carvalho, no Jardim Água Boa (Foto: Helio de Freitas)Lixo acumulado na Rua Maria de Carvalho, no Jardim Água Boa (Foto: Helio de Freitas)
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions