A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 15 de Outubro de 2019

10/07/2019 08:39

Engenheiro agrônomo é executado a tiros em fronteira dominada pelo crime

O Paraguaio Hector Ruiz Duarte foi morto dentro de sua caminhonete na manhã de hoje em Pedro Juan Caballero

Helio de Freitas, de Dourados
Policiais ao lado da caminhonete de engenheiro agrônomo, executado hoje na fronteira (Foto: ABC Color)Policiais ao lado da caminhonete de engenheiro agrônomo, executado hoje na fronteira (Foto: ABC Color)

Os matadores profissionais, conhecidos no lado paraguaio da fronteira como “sicários”, voltaram a agir nesta quarta-feira (10) e executaram a tiros o engenheiro agrônomo Hector Ruiz Duarte, 44. O crime ocorreu na Rua Tenente Herrero, em Pedro Juan Caballero, cidade vizinha de Ponta Porã (MS), a 323 km de Campo Grande.

Hector seguia em uma caminhonete Toyota Hilux preta e quando parou no semáforo o pistoleiro de moto parou do lado esquerdo e disparou vários tiros, possivelmente com uma pistola semiautomática. Hector foi atingido na cabeça, no peito e no pescoço e morreu no local.

Agentes da Divisão de Investigação da Polícia Nacional estão no local, mas até agora não há pistas dos matadores.

A Linha Internacional, formada por Mato Grosso do Sul e o departamento de Amambay enfrenta uma onda de assassinatos em 2019. Números extraoficiais, baseados em levantamentos de jornalistas que cobrem a área, apontam para uma centena de execuções neste ano, principalmente em Pedro Juan Caballero e Ponta Porã.

Hector Ruiz Duarte foi executado dentro de caminhonete (Foto: Direto das Ruas)Hector Ruiz Duarte foi executado dentro de caminhonete (Foto: Direto das Ruas)
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions