A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Outubro de 2019

07/06/2019 10:15

Estudante morta em acidente viajava para contar ao pai nota em trabalho

Acidente que aconteceu próximo ao trevo de acesso à Gleba Santa Terezinha, na MS-157 entre Itaporã e Maracaju

Viviane Oliveira e Helio de Freitas
Letícia e Thaline, na festa de comemoração dos 500 dias do curso de Direito (Foto: reprodução/Facebook)Letícia e Thaline, na festa de comemoração dos 500 dias do curso de Direito (Foto: reprodução/Facebook)

As estudantes Thaline dos Santos Escobar e Letícia Rodrigues Araújo, ambas de 22 anos, que morreram em acidente entre carro de passeio e van, na noite de ontem (6), seguiam para Maracaju, onde mora o pai de Letícia. Ela iria contar para os familiares que havia passado no TCC (Trabalho de Conclusão de Curso).

Thaline e Letícia voltavam da Unigran onde cursavam o último semestre de Direito. As duas haviam acabado de apresentar o trabalho de conclusão de curso

As universitárias ocupavam um Fiat Palio quando se envolveram em acidente com uma Van da Secretaria Municipal de Saúde de Itaporã, próximo ao trevo de acesso à Gleba Santa Terezinha, na MS-157 entre Itaporã e Maracaju. A colisão foi de frente. As duas jovens morreram no local.

Cinco dos seis ocupantes da Van que ficaram feridos e foram socorridos a unidades da região continuam internados. Isabela Bianca Soares Sangali, 25 anos, e Erisvan Ferreira Nascimento, 48 anos, foram transferidos para Dourados. Enzo Gabriel Soares, 3 anos, filho da Isabela, foi liberado. Levi Batista Albuquerque, 62 anos, está internado em Itaporã.

Edson Vicente Xavier, 44 anos, e o motorista da van, Anísio Gonçalves, 60 anos, que sofreram fraturas, estão em Itaporã, mas serão transferidos para Dourados. Com o impacto, os dois veículos ficaram destruídos e as peças dos automóveis espalhadas pela pista. A Polícia Civil do município investiga as causas do acidente. 

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions