ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEXTA  01    CAMPO GRANDE 21º

Interior

Ex-marido se entrega e confessa ter matado mulher com tiros no peito

Roberto Morais de Oliveira, de 45 anos, presta depoimento na companhia de advogado

Por Ana Beatriz Rodrigues | 20/06/2022 18:21
Roberto acompanhdo do advogado na Depac- Dourados na tarde desta segunda-feira (20) (Foto: Osvaldo Duarte/Doruados News)
Roberto acompanhdo do advogado na Depac- Dourados na tarde desta segunda-feira (20) (Foto: Osvaldo Duarte/Doruados News)

Roberto Morais de Oliveira, de 45 anos, confessou ter assassinado a ex-esposa Lucilene Nobel da Silva, de 38 anos, com dois tiros no peito. Beto, como é conhecido, se entregou na tarde desta segunda-feira (20), na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) de Dourados, município que fica a 251 km da Capital.

O autor chegou na companhia do advogado na delegacia e ainda presta depoimento, segundo o delegado Eliel Raimundo Alves, plantonista da Depac.

Momentos antes de ser assassinada com dois tiro no tórax, Lucilene, recusou várias ligações de Roberto. Os dois estavam estavam separados há dois meses e no local onde ela foi morta, estavam o filho do casal, de 4 anos, e o atual namorado de Lucilene.

O homem que testemunhou o feminicídio contou à equipe policial que Roberto havia chegado na casa da vítima, na madrugada da última quinta-feira (16) e teria forçado a porta, janela para entrar no imóvel.

A vítima ainda teria dito: "ele está armado com uma carabina" antes de começarem os disparos. O namorado correu para o fundo do imóvel e ao retornar, encontrou Lucilene caída.

Feminicídios - Lucilene é a 24ª vítima de feminicídio em Mato Grosso do Sul, neste ano. Antes dela, na segunda-feira (23), Marcilene Pereira dos Santos, de 49 anos, foi assassinada a golpes de faca, no Jardim Eldorado, em Costa Rica, a 284 quilômetros de Campo Grande. O suspeito, identificado como Dionísio, de 61 anos, tentou suicídio após matar a companheira.

Nos siga no Google Notícias