A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

11/02/2014 15:18

Ex-padre acusado de fraude já foi preso por porte de arma e responde 2 processos

Bruno Chaves
Ex-padre e ex-secretário foi preso dirigindo embriagado e com uma pistola (Foto: Reprodução)Ex-padre e ex-secretário foi preso dirigindo embriagado e com uma pistola (Foto: Reprodução)

Acusado de lavagem de dinheiro, fraude à licitação, peculato e posse ilegal de munição de uso permitido, o ex-padre e ex-secretário municipal de Assistência Social, Administração e Saúde de Guia Lopes da Laguna, Edivaldo Pereira Soares, já foi preso por dirigir embriagado e portar arma de fogo sem autorização. Ele também responde a dois processos na Justiça do Estado.

No dia 8 de agosto de 2013, Edivaldo foi preso em flagrante por dirigir embriagado e por portar, ilegalmente, um revólver Taurus calibre 38. Ele dirigia uma VW Saveiro quando ultrapassou, de forma perigosa, uma viatura da Polícia Militar. Ele foi abordado e encaminhado para a delegacia de Jardim.

No TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) tramitam dois processos em que o ex-padre e ex-secretário é réu. No primeiro ele é acusado de invasão de domicílio e no segundo de crime contra o Sistema Nacional de Armas.

O Caso – Edivaldo é acusado pela Polícia Civil de fraudar licitações, desviar R$ 500 mil da Prefeitura de Guia Lopes da Laguna – a 227 quilômetros de Campo Grande – e de enriquecimento ilícito. Segundo o prefeito da cidade, Jácomo Dagostin, tudo não passa de denúncias infundadas de uma oposição fracassada.

“A Justiça irá esclarecer tudo”, opinou. Jácomo ainda contou que o ex-padre deixou a batina em 2008 com um patrimônio de R$ 60 a R$ 70 mil. Quando ele entrou na prefeitura, em 2009, ganhava um salário bruto de R$ 4,5 mil. No segundo mandato, em 2013, o salário do ex-padre saltou para R$ 6,5 mil bruto. “Eu confio nele”, disse.

“Não tem enriquecimento ilícito. Ele já tinha um patrimônio”, defendeu.

Polícia conclui que secretário desviou R$ 500 mil de prefeitura
O “crescimento notório” do secretário municipal de Assistência Social de Guia Lopes da Laguna, a 227 quilômetros da Capital, Edivaldo Soares Pereira,...
Secretário de Guia Lopes é preso dirigindo embriagado e com arma ilegal
Edivaldo Soares Pereira, secretário Municipal de Administração de Guia Lopes da Laguna, cidade distante 227 km de Campo Grande, foi preso em flagrant...



quando o povo de Guia lopes vai eleger alguem que presta nessa cidade, quando vem uma pessoa decente ninguem qué so qué quem nao presta, guia lopes já acabou e o povo num acordou, o homem certo é o vila mas os ladrão tem medo dele, so pq ele é policia. então sofre povo...
 
joão ignacio em 11/02/2014 20:07:46
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions