A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018

06/01/2011 07:35

Falta de chuva em algumas regiões de Dourados preocupa produtores

Ana Maria Assis

Em algumas regiões de Dourados não chove há 15 dias e o calor intenso é outro fator que preocupa produtores e técnicos da área agrícola. A soja está em fase de desenvolvimento do grão e a pouca umidade pode comprometer a qualidade da produção. Até agora o clima tem colaborado bastante com a safra atual, portanto este prejuízo seria uma frustração para os produtores.

O presidente da Associação dos Engenheiros Agrônomos da Grande Dourados (Aeagran), Bruno Tomanizi, explicou que em algumas áreas a chuva tem sido escassa, enquanto que em outras, chove com mais frequencia. A colheita da safra atual está prevista para começar nos primeiros dias de fevereiro, e se estende até começo de março. Nesta fase, também muitos produtores que já colheram a soja começam a semear o milho segunda safra (safrinha). A data do zoneamento do milho está marcada para 10 de março.

A previsão feita pelos técnicos da área agrícola junto ao Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) é que Dourados deve colher na safra atual de soja 436.800 mil toneladas de grãos. O município manteve a área da safra 2009/2010, que foi de 140 mil hectares. O rendimento médio previsto é de 3.120 quilos por hectares.

A preocupação dos produtores diminuiu conforme o clima e o preço do grão começarem a contribuir nesta safra de verão. O preço atual da saca da soja, de 60 quilos, em torno de R$ 44,00, tem agradado a classe produtiva, já que nos anos anteriores pagava-se até menos da metade deste valor. A expectativa é que o preço pago prevaleça até a fase da entrega a soja.

Para não correr riscos, muitos produtores já negociaram a atual safra, já que o clima e o preço deram bons sinais até agora.

Em Mato Grosso do Sul mais de 30% da área plantada de soja já foi negociada com os contratos futuros. Segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o Estado deve produzir nesta safra quase 5,2 milhões de toneladas de soja. Em outubro, a soja teve uma valorização de 15% na Bolsa de Chicago. (Com informações do Dourados Agora e do Globo Rural).

Após ser agredida, mulher revida e esfaqueia marido em MS
Uma mulher de 33 anos foi presa nesta quinta-feira (16) depois de esfaquear o marido de 29 anos, na região no peito. À polícia, suspeita alegou que e...
Mulher é presa após esfaquear marido no tórax durante discussão
Uma mulher de 33 anos foi presa pela Policia Militar após esfaquear seu marido, de 39, esta tarde (16) em Nova Andradina, cidade a 300 quilômetros de...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions