ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SÁBADO  30    CAMPO GRANDE 29º

Interior

Filho matou pai e agrediu mãe a pauladas ao ouvir "não" à cachaça

Mulher contou que preparava o jantar quando foi atingida por pedaço de madeira. Marido foi morto

Por Gabriel Neris | 05/04/2020 08:32
Policiais militares fazem buscas em assentamento onde ocorreu o crime (Foto: Adilson Domigos)
Policiais militares fazem buscas em assentamento onde ocorreu o crime (Foto: Adilson Domigos)

Foi identificado como Zico Benites Paulo o principal suspeito pela morte de Vilson Paulo, de 41 anos, seu pai, e de ter agredido a mãe, Marinalva Benites, de 37 anos. O motivo foi ela ter negado a lhe dar bebida alcoólica no acampamento Santa Felicidade, região conhecida como Favelinha, em Dourados, distantes 228 km de Campo Grande.

De acordo com o boletim de ocorrência, a mãe contou à polícia que preparava o jantar quando o filho apareceu no barraco na noite de sábado (4) pedindo por cachaça. Quando ouviu “não” como resposta, passou a agredi-la com pedaço de madeira. Vilson, seu marido, tentou defende-la, mas foi atingido na cabeça e morreu no local.

A mulher foi socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e levada para o Hospital da Vida com hematomas pelo corpo.

A polícia fez buscas na região, mas não encontrou o suspeito. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento) como homicídio simples.