A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

24/03/2016 17:11

Frente fria derruba temperaturas e chuva forte provoca alagamentos

Mariana Rodrigues
Chuva durou uma hora e causou alagamentos na cidade. (Foto: Reprodução Facebook da Prefeitura de Nova Alvorada do Sul)Chuva durou uma hora e causou alagamentos na cidade. (Foto: Reprodução Facebook da Prefeitura de Nova Alvorada do Sul)

Várias cidades de Mato Grosso do Sul foram atingidas por fortes chuvas nesta quinta-feira (24), véspera de feriado. Os maiores volumes foram registrados na região Sul e Sudoeste do Estado. Em Nova Alvorada do Sul houve alagamentos em vários pontos da cidade e em residências. Em Ponta Porã há nevoeiro e a temperatura pode chegar aos 17°C na madrugada de sexta-feira.

Em Nova Alvorada do Sul, foram registrados alagamentos, e destelhamentos de casas. De acordo com o secretário Municipal de Obras e Infraestrutura, Dinarte de Lima Rezende, não houve vendaval, mas sim um acúmulo muito grande de chuva. "Choveu durante uma hora e acredito que registramos 100 mm de chuvas", conta.

Ele não soube precisar a quantidade de casas destelhadas, mas afirmou que as famílias já estão recebendo assistência e os pontos de alagamentos já estão normalizados. Além da região central, foi registrado alagamentos nos bairros Jardim Eldorado e Maria de Lourdes que passam por obras de pavimentação asfáltica.

Em Rio Brilhante, até o momento, teve o maior acúmulo de chuva, sendo registrado 78 milímetros, segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). Ainda conforme informações do Inmet, Ponta Porã registou até agora 27mm de chuva. De acordo com o Corpo de Bombeiros do município, apesar da chuva forte não há registros de estragos. Em Amambai, as chuvas de hoje já somam 40mm.

O meteorologista Natálio Abrahão Filho, informou que em Ponta Porã não foram registrados ventos, porém há nevoeiros e a visibilidade está reduzida. "Os cuidados nas estradas devem ser redobrados , pois o nevoeiro vai se estender até a noite". A frente fria também deve chegar a região Sul do Estado, no município nesta madrugada a temperatura cai para 17 graus.

Segundo o Inmet a explicação para as chuvas fortes, é a baixa pressão que vem do Paraguai acompanhada por fortes ventos. Os maiores volumes de chuvas estão previstos para o oeste, sul e sudoeste do estado, mas as chuvas fortes ocorrem em todo o estado, além de queda de temperaturas.

Natálio Abrahão, disse ao Campo Grande News que no município de Miranda, a chuva que durou 30 minutos acumulou 21mm, lá os ventos chegaram a 66,24kmh. "Há possibilidades de enchentes e queda de árvores", comenta.

Em Jardim, a forte chuva de 38,8mm durou uma hora e trinta minutos com ventos de 50km/h. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, não houve registros de estragos na região. Em Sete quedas chove há três horas e esta ficando mais forte sendo que já foram registrados 16,2mm, porém sem ventos.

Na contramão das cidades que apresentam grande quantidade de chuva hoje, aparece Três Lagoas, que não teve registro de chuva e apresenta temperatura elevada. "A cidade está com 33°C e calor subindo. A sensação térmica pode chegar aos 37°C", conta.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions