A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 22 de Junho de 2017

19/11/2012 18:07

Funai pede investigação sobre córrego contaminado

Nícholas Vasconcelos
Imagem postada na internet mostra córrego  Ypo'i coberto por espuma em Paranhos. (Foto: Reprodução/Facebook)Imagem postada na internet mostra córrego Ypo'i coberto por espuma em Paranhos. (Foto: Reprodução/Facebook)

A Funai (Fundação Nacional do Índio) protocolou hoje pedido de investigação no MPF (Ministério Público Federal e na Polícia Federal sobre a denúncia de envenenamento do córrego Ypo’i , que fica na comunidade indígena de mesmo nome em Paranhos, a 469 quilômetros de Campo Grande.

Na quarta-feira (14), o grupo de índios guarani-kaiowá avistou uma espuma branca no córrego que passa na área ocupada, o que aparenta ser veneno jogado no local, e denúnciou nas redes sociais.De acordo com o relato dos indígenas, a espuma permaneceu dois dias no local até desaparecer, e eles avistaram ainda tambores de veneno próximo ao curso de água.

O Ministério Público e a Polícia já haviam sido comunicados sobre a denúncia por telefone, mas a formalização só foi possível hoje devido ao feriado.

Segundo a Funai de Ponta Porã, responsável por Paranhos, o córrego é a única fonte de água da comunidade Ypo’i onde vivem 77 famílias.

A Fundação informou ainda que não há prazo definido para a resposta sobre a denúncia de poluição do córrego.

O Cimi (Conselho Indigenista Missionário) também denunciou a contaminção do córrego que passa pela comunidade e o conselho Aty Guasu recolheu amostras da água para auxiliar nas investigações.

No YouTube, um vídeo postado pelo Aty Guasu mostra a espuma que se formou no leito do córrego.

 

 

 

 

Homem fica em estado grave ao atirar na ex-mulher e tentar se matar
Um homem de 50 anos tentou se matar, atirando na própria cabeça após disparar tiros contra a sua ex-mulher, de 46 anos. O caso aconteceu em Laguna Ca...
Após ficar em coma por AVC, acusada de homicídio vai para regime domiciliar
Denunciada e presa por homicídio, e apontada pelo MPE (Ministério Público Estadual) como uma das líderes do tráfico em Sonora (a 364 quilômetros de C...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions