A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Janeiro de 2019

18/05/2017 16:29

Funcionário de pecuarista morto em março é executado em Pedro Juan

Crime ocorreu nesta quinta-feira do lado paraguaio, a poucos metros do território brasileiro; homem foi morto por pistoleiros de moto

Helio de Freitas, de Dourados
Eletricista estava em caminhonete quando foi executado (Foto: ABC Color)Eletricista estava em caminhonete quando foi executado (Foto: ABC Color)

Um paraguaio de 23 anos de idade é mais uma vítima da onda de assassinatos que atinge a Linha Internacional entre Pedro Juan Caballero e Ponta Porã (MS), cidade a 323 km de Campo Grande. Francisco Irala, que era eletricista, foi executado por dois pistoleiros que estavam em uma moto. O crime ocorreu por volta de meio-dia de hoje (18).

De acordo com a polícia paraguaia, Irala trabalhava para o pecuarista Pedro Alcides Ortiz, 37, oriundo da cidade de Arroyito, também no Paraguai, que foi executado a tiros de fuzil no centro de Pedro Juan Caballero no dia 22 de março deste ano.

Conforme a Polícia Nacional, Francisco Irala estava em uma caminhonete Nissan azul marinho, placa do Paraguai, quando parou para comprar remédio caseiro na chamada Ruta 5ª.

Os dois homens se aproximaram em uma motocicleta e o garupa começou a atirar. Irala tentou correr, mas foi atingido por tiros de pistola calibre 9 milímetros e morreu no meio da rua.

Agentes da Divisão de Homicídios apuraram no local do crime que a noiva de Francisco Irala teria se envolvido no dia 15 deste mês em um acidente com morte em Pedro Juan Caballero, mas a suspeita maior é que a morte dele tenha ligação com a execução do pecuarista em março.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions