ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEXTA  27    CAMPO GRANDE 26º

Interior

Gestante ferida em acidente com morte tem perna amputada

Anelise Alves de Souza estava na garupa da moto da irmã, atropelada por carreta

Por Helio de Freitas, de Dourados | 21/10/2020 08:19
Policial no local onde moto foi arrastada por carreta, na BR-163 (Foto: Adilson Domingos)
Policial no local onde moto foi arrastada por carreta, na BR-163 (Foto: Adilson Domingos)

Anelise Alves de Souza, 19, ferida no acidente entre uma carreta e uma moto na noite desta terça-feira (20) em Dourados, a 233 km de Campo Grande, teve a perna direita amputada no hospital. O membro foi dilacerado pelas rodas da carreta.

A irmã dela, Ana Lúcia Alves de Souza, 23, que pilotava a moto, morreu no local do acidente. A motocicleta Yamaha YBR pilotada por ela foi arrastada por pelo menos 250 metros pela carreta Scania branca.

No primeiro mês de gravidez, Anelise está no Hospital da Vida, mas deve ser levada para o HU (Hospital Universitário) – onde funciona a única maternidade pública de Dourados – para avaliação por especialista.

As irmãs Ana Lúcia e Anelise, vítimas do acidente (Foto: Reprodução)
As irmãs Ana Lúcia e Anelise, vítimas do acidente (Foto: Reprodução)

O motorista da carreta fugiu do local do acidente, mas já foi identificado pela polícia. Depois de atropelar e arrastar a moto ocupada pelas irmãs, ele teria sido orientado pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) a permanecer no local, mas saiu dizendo a testemunhas que iria para a delegacia da Polícia Civil, o que não aconteceu.

O acidente – As duas irmãs seguiam de moto pelo trecho duplicado na BR-163 entre o trevo com a MS-156, conhecido como “Trevo do DOF”, e o Sindicato Rural, em direção ao Parque das Nações.

Perto do pesqueiro Kanoa, a moto foi atropelada e arrastada pela carreta. Ana Lúcia, que morava na Vila Cachoeirinha, morreu no local. Ela teve a perna esquerda dilacerada pelas rodas da Scania. Anelise mora no Parque das Nações II e foi socorrida pelo Samu (Serviço Móvel de Urgência).

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário