ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, TERÇA  09    CAMPO GRANDE 13º

Interior

Governo inicia pavimentação de 9,73 quilômetros da Rodovia do Turismo

Por José Roberto dos Santos | 06/07/2022 12:10


Trabalho de terraplenagem e canalização na Rodovia do Turismo; 9,73 km serão pavimentados. (Foto: Divulgação)
Trabalho de terraplenagem e canalização na Rodovia do Turismo; 9,73 km serão pavimentados. (Foto: Divulgação)

O Governo do Estado iniciou mais uma obra de pavimentação considerada emblemática para Bonito, ao melhorar o acesso e dar segurança aos atrativos turísticos, empreendimentos agropecuários e escolas rurais: a Rodovia do Turismo.

São 9,73 km de estrada vicinal, entre as pontes do Rio Formoso e do Córrego Bonito, uma das vias mais movimentadas – 200 veículos/dia, segundo estimativa – da malha que direciona aos passeios na cidade.

Com recursos do Fundersul (R$ 28,2 milhões), a nova rodovia contempla uma ciclovia, duas pontes de concreto e o projeto de execução obedece ao padrão de sustentabilidade previsto no Programa Estrada Viva, com a implantação de passagens de animais silvestres. Em execução pela empresa Via Magna, a obra foi iniciada com serviços de movimentação de solo para aterro, limpeza e remoção das margens e construção das redes de drenagem.

A pavimentação da Rodovia do Turismo era um compromisso do governador Reinaldo Azambuja com o prefeito Josmail Rodrigues, vereadores e população, atendendo a um sonho antigo também do trade turístico. A primeira fase do projeto foi entregue este ano: 1,8 km de asfalto, entre o Hospital Darci Bigaton e a Ponte do Matheus (Córrego Bonito), trecho denominado também de Avenida Matheus Muller, ao custo de R$ 2,5 milhões.

Um governo parceiro – “Cartão postal e referência no ecoturismo mundial, Bonito recebe uma atenção especial desde o início do nosso governo, dentro de um projeto de integração dos destinos turístico”, afirma o governador Reinaldo Azambuja. “A MS-178, por exemplo, foi toda pavimentada, interligando os municípios de Jardim, Porto Murtinho, Bonito e Bodoquena, e agora estamos restaurando a MS-382 e avançamos a sua pavimentação até a entrada do acesso a Gruta do Lago Azul.”

São mais de R$ 300 milhões de investimentos direcionados ao município, incluindo obras em execução e projetos em andamento, em pouco mais de sete anos. Em recente visita a Capital do Ecoturismo, Reinaldo Azambuja autorizou pacote de obras no valor de R$ 140 milhões, incluindo reformas já em andamento das escolas Luiz da Costa Falcão e Bonifácio Camargo Gomes e pavimento e drenagem nos bairros, dentre os quais o Atlântico (Vila América).

Para o prefeito de Bonito, Josmail Rodrigues, a pavimentação da Rodovia do Turismo é um presente para a cidade, acentuando que o município tem recebido inúmeros benefícios do Governo do Estado em todas as áreas e, em especial, no setor de logística, fundamental para movimentar o turismo e escoar a produção agrícola, em expansão. “O governador Reinaldo Azambuja é nosso parceiro e tem olhado com carinho para toda a região”, disse.

Movimento é intenso no trecho a ser pavimentado da Rodovia do Turismo. (Foto: Divulgação)
Movimento é intenso no trecho a ser pavimentado da Rodovia do Turismo. (Foto: Divulgação)

Logística fortalece destino – Além de garantir mais segurança e facilitar o acesso, prejudicado por atoleiros em época de chuva, a chegada do asfalto à rodovia, segundo o prefeito, beneficiará diretamente o transporte escolar e o agronegócio e vai favorecer a expansão urbana. “Para o turismo, será um avanço muito grande em uma região com grandes empreendimentos, onde operam balneários que hoje estão entre os passeios mais visitados pelos turistas”, completa.

Ao destacar que o governo atual é o que mais investe em infraestrutura para atender os destinos turísticos de Mato Grosso do Sul, o diretor-presidente da Fundação de Turismo de MS (Fundtur), Bruno Wendling, realça que garantir acesso é essencial para desenvolver o setor e torna-lo mais competitivo. “A pavimentação da Rodovia do Turismo contempla alguns dos melhores passeios de Bonito e fortalece o destino, fundamental nessa retomada”, aponta.

A melhoria do acesso aos atrativos do Rio Formoso começou há três anos, quando o Governo do Estado executou o alargamento da pista e o cascalhamento da estrada.

No início da obra de pavimentação, há duas semanas, é intensa a movimentação no trecho. Na fase mais intensa, o serviço terá 100 homens e 40 máquinas e caminhões em operação, informa o engenheiro da Via Magna, Jerry Gibertoni. A construção das pontes de concreto terá início em agosto.

Nos siga no Google Notícias