A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Outubro de 2019

10/12/2018 06:49

Há meses na rua, ex-presidiário é executado a tiros por pistoleiros

Demesio tinha passagens por roubo, receptação, tráfico de drogas e homicídio; polícia não descarta acerto de contas do narcotráfico

Danielle Valentim
Demesio chegou a correr para escapar dos disparos, mas foi alcançado e executado com 18 tiros de pistola calibre 9mm. (Foto: Porã News)Demesio chegou a correr para escapar dos disparos, mas foi alcançado e executado com 18 tiros de pistola calibre 9mm. (Foto: Porã News)

O ex-detento Demesio Mendez Gimenez, de 37 anos, vulgo “Mendeí” foi executado na noite deste domingo (9) por pistoleiros em um carro prata. A vítima estava sentada em frente a um comércio no Bairro General Dias, na Rua Dr. Francia, a poucos metros da linha divisória com Ponta Porã, a 323 km de Campo Grande.

Conforme o Porã News, a vítima tinha ganhado a liberdade a poucos meses. Demesio chegou a correr para escapar dos disparos, mas foi alcançado e executado com 18 tiros de pistola calibre 9mm.

Investigadores da Divisão de Homicídios apoiados pela promotora de justiça Katia Uemura, o médico legista Marcos Prieto e agentes da Polícia Técnica foram até o local. O corpo foi levado ao IML (Instituto Médico Legal) para aguardar os familiares.

Segundo a policia, a vítima tinha passagens por roubo, receptação, homicídio e tráfico de droga. A última prisão ocorreu em 2011, por trafico de drogas, após investigadores da Polícia Civil realizarem busca e apreensão em sua residência. Na época, os policiais encontraram, maconha, crack e um veículo.

Há possibilidade de o crime ter relação com o narcotráfico. O caso será investigado pela Divisão de Homicídios da Polícia Nacional do Paraguai em Pedro Juan Caballero.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions