A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Outubro de 2019

08/10/2019 08:58

Homem de 42 anos é executado a tiros no meio da rua na fronteira

Vizinhos do local viram matador correndo na rua após matar cidadão paraguaio em Pedro Juan Caballero

Helio de Freitas, de Dourados
Homem que trabalhava como segurança foi morto a tiros no meio da rua (Foto: Direto das Ruas)Homem que trabalhava como segurança foi morto a tiros no meio da rua (Foto: Direto das Ruas)

Homem de 42 anos que trabalhava como segurança patrimonial foi executado a tiros por volta de meia-noite desta segunda-feira (7) em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha de Ponta Porã (MS), a 323 km de Campo Grande.

Marcelino Soler Fernández, de nacionalidade paraguaia, seguia a pé na companhia do brasileiro identificado como Leonardo Miranda de Oliveira, no bairro Defensores del Chaco, quando o pistoleiro armado de revólver se aproximou e disparou pelo menos nove tiros em Marcelino. Leonardo não foi ferido.

De acordo com policiais paraguaios, a rua onde ocorreu o crime não tem iluminação. O pistoleiro encapuzado cercou os dois e disse que era um assalto, mas atirou em Marcelino e fugir sem roubar nada. A polícia acredita que o objetivo era mesmo matar o paraguaio.

Depois dos tiros, o pistoleiro saiu correndo e sumiu na escuridão. Até agora a polícia não tem pistas dele. Natural de Assunción, Marcelino morava há alguns anos na fronteira.

A Linha Internacional entre Ponta Porã e Pedro Juan Caballero enfrenta onda de execuções nos últimos três anos, mas 2019 tem sido ainda mais sangrento. Números não oficiais apontam para uma centena de assassinatos na região de janeiro até agora.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions