ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  10    CAMPO GRANDE 20º

Interior

Homem é fuzilado no lugar do filho em assentamento em Rio Brilhante

Por João Humberto | 28/12/2010 22:33
Trabalhador rural foi assassinado a tiros em frente à residência. (Foto: Osvaldo Duarte).
Trabalhador rural foi assassinado a tiros em frente à residência. (Foto: Osvaldo Duarte).

Victor Ortiz, 49, foi assassinado a tiros no lugar do filho Cleiton de Matos Ortiz, 25, hoje, às 14h, no assentamento Lago Azul, em Rio Brilhante (163 km de Campo Grande). Os autores do assassinato, de acordo com a família da vítima, são conhecidos por Reginaldo, o “Prefeito”, e Eder, o “Cara Suja”.

Conforme ocorrência registrada na Delegacia de Polícia Civil de Rio Brilhante, os policiais foram informados sobre o crime via ligação telefônica realizada por um funcionário da prefeitura local.

Policiais da PM (Polícia Militar), bem como equipe da Perícia Técnica de Dourados se deslocaram até o assentamento e se depararam com Victor caído na lateral da casa em que morava. A vítima apresentava vários disparos de revólver pelo corpo.

Os tiros, segundo a polícia, também atingiram as paredes e a porta da frente da casa, assim como diversos objetos. Em contato com Cleiton, filho de Victor, ele confirmou a autoria do crime.

Cleiton frisou que a dupla chegou a sua casa e perguntou por ele a Victor, que estava sentado na frente da casa. Quando o filho da vítima surgiu na porta, os homicidas começaram a efetuar vários disparos.

Ao perceber que Eder e Reginaldo tinham sacado armas de fogo, Cleiton correu para os fundos da residência. Victor não conseguiu correr e acabou sendo morto.

No local havia várias crianças, mas nenhuma testemunha soube informar à polícia o que teria motivado os autores a tentarem matar Cleiton e acabar matando Victor, afinal, eles são conhecidos da família da vítima e nunca se desentenderam com ninguém.

Após a realização da perícia técnica, o corpo foi liberado e encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) de Dourados.

Eder e Reginaldo não foram localizados pela polícia.