A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 20 de Agosto de 2019

08/05/2019 08:39

Homem é morto por pistoleiro quando jogava sinuca em bar na fronteira

Crime ocorreu no início da madrugada em Coronel Sapucaia, considerada uma das cidades mais violentas de MS

Helio de Freitas, de Dourados
Willian Lopes Carneiro, morto na madrugada de hoje em Coronel Sapucaia (Foto: Reprodução)Willian Lopes Carneiro, morto na madrugada de hoje em Coronel Sapucaia (Foto: Reprodução)

As execuções continuam na fronteira do Brasil com o Paraguai, na Linha Internacional entre os estados de Mato Grosso do Sul e Amambay. Na madrugada desta quarta-feira (8), Willian Lopes Carneiro, 25, foi morto por um pistoleiro em Coronel Sapucaia, cidade a 400 km de Campo Grande, vizinha da paraguaia Capitán Bado.

As duas cidades são bases de facções criminosas brasileiras e ficam próximas da região mais produtora de maconha do país vizinho. No ano passado, Coronel Sapucaia foi apontada, de novo, como a segunda mais violenta de MS pelo Idesf (Instituto de Desenvolvimento Econômico e Social de Fronteiras). Em primeiro ficou Paranhos.

De acordo com a polícia, Willian jogava sinuca em um bar no Jardim Sol Nascente, em frente a um campinho de futebol. Por volta de 0h30, um homem ainda não identificado chegou ao local de moto. Sem tirar o capacete, ele se aproximou das pessoas que jogavam sinuca e disparou vários tiros em Willian, que caiu entre as mesas de sinuca e morreu.

No local os policiais recolheram 28 cápsulas deflagradas de calibre 9 milímetros da marca Luger. A polícia suspeita que o pistoleiro usava uma arma com carregador estendido, já que normalmente a carga máxima de uma 9 milímetros é de 15 tiros.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions