ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEGUNDA  30    CAMPO GRANDE 27º

Interior

Homem é preso por agredir e estuprar filha de 14 anos

Adolescente só conseguiu denunciar o crime após se mudar para morar com a mãe

Por Geisy Garnes | 11/12/2019 17:09
Suspeito foi preso em uma fazenda e levado para a delegacia de Ribas do Rio Pardo (Foto: Divulgação)
Suspeito foi preso em uma fazenda e levado para a delegacia de Ribas do Rio Pardo (Foto: Divulgação)

Um homem de 36 anos foi preso nesta quarta-feira (11) por estuprar a própria filha, de 14 anos, em Ribas do Rio Pardo – a 103 quilômetros de Campo Grande. A vítimas era agredida e ameaçada constantemente pelo pai e só conseguiu denunciar os crimes após deixar a cidade para morar com a mãe.

Ao Campo Grande News, o delegado Bruno Santacatharina explicou que no meio do ano a vítima se mudou para Ribas do Rio Pardo para morar com o pai pela primeira vez. “Ela nunca tinha convivido com ele antes e logo percebeu que ele era muito agressivo, principalmente quando ingeria bebidas alcoólicas”.

Em setembro, a jovem foi estuprada pela primeira vez. “Ele ameaçava ela, falava que se contasse para alguém iria matá-la”. O crime se repetiu pelo menos sete vezes e a vítima ainda era agredida frequentemente pelo pai.

A situação só mudou depois que uma vizinha presenciou uma das brigas entre pai e filha e ligou para a mãe da menina. Ela então se mudou para Jardim e procurou a DAM (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) para denunciar os estupros. A delegada responsável pela investigação pediu a prisão preventiva do suspeito, que foi concedida pela justiça.

O mandado de prisão foi enviado para a delegacia de Ribas do Rio Pardo e nesta manhã policiais do SIG (Setor de Investigações Gerais) encontraram e prenderam o homem em uma fazenda, a cerca de 10 quilômetros do centro da cidade.

O caso segue em investigação. Se condenado poderá pegar de 08 a 12 anos de prisão, com a pena aumentada por se tratar de crime cometido contra descendente.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário