ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, DOMINGO  05    CAMPO GRANDE 28º

Interior

Homem que atropelou e esfaqueou o ex-amante da esposa é preso

João Vitor se apresentou no dia seguinte ao crime, mas na data foi liberado. Hoje, voltou para a prisão

Por Geisy Garnes | 16/10/2021 15:48
Assassino confesso foi preso por policiais da 1ª Delegacia de Polícia Civil de Corumbá (Foto: PCMS)
Assassino confesso foi preso por policiais da 1ª Delegacia de Polícia Civil de Corumbá (Foto: PCMS)

João Vitor Rodrigues, de 39 anos, assassino confesso de Admir Acosta foi preso na manhã deste sábado (16) em Corumbá – cidade a 419 quilômetros de Campo Grande. No dia 12 de outubro ele atropelou e degolou o vizinho de 54 anos.

O caso aconteceu na Rua Rio Grande do Norte, parte alta de Corumbá. João Vitor se apresentou na tarde do dia seguinte na companhia de um advogado, prestou depoimento e foi liberado. Nesta manhã, foi preso por força de mandado de prisão pelos policiais do SIG (Setor de Investigações Gerais) da 1ª Delegacia de Polícia Civil da cidade.

Conforme depoimento da esposa de Admir, a vítima saiu de casa e atravessou a rua para fazer a limpeza de um terreno, que pertence à família. Neste exato momento foi atropelado pelo assassino. “Admir foi moído pelo carro dele. Teve as pernas quebradas, as costelas, a coluna e foi arremessado a uns quatro metros”, disse a empresária Tânia Maria Rodrigues de Campos, 53 anos.

Com o impacto, um dos pneus do veículo chegou a estourar. Mesmo depois disso, João desceu do carro sacou uma faca e degolou a vítima. “Nem precisava das facadas, meu marido já estava morto”.

Investigações do crime apontam que João matou Admir, que era seu vizinho, depois de descobrir que ele manteve um relacionamento extraconjugal com a esposa do assassino.  A polícia segue apurando o caso.

Foto de João Vitor divulgada logo após o assassinato (Foto: Direto das Ruas)
Foto de João Vitor divulgada logo após o assassinato (Foto: Direto das Ruas)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário