ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MARÇO, SÁBADO  02    CAMPO GRANDE 35º

Interior

Idosa que se queimou em churrasqueira morre após 17 dias internada

Nyelder Rodrigues | 29/12/2016 22:46

Morreu nesta quinta-feira (29) a idosa Maria Arlete Peixoto da Silva, de 71 anos, que sofreu queimaduras de 2º e 3º grau no dia 12 deste mês ao tentar acender uma churrasqueira, em Dourados - cidade localizada a 233 km de Campo Grande.

Arlete estava com uma garrafa com dois litros de álcool combustível e jogou o líquido na churrasqueira, no momento que o recipiente estourou na mão dela, queimando praticamente todo o corpo, segundo o registro policial.

A idosa, que estava em uma chácara no distrito de Picadinha, foi levada pela sobrinha até o Hospital Evangélico, onde recebeu os primeiros socorros e depois foi transferida para a Santa Casa de Campo Grande devido à gravidade do caso.

Na Capital, ela permaneceu internada, mas houve complicações em seu estado de saúde. Maria Arlete acabou não resistindo aos ferimentos e morreu nesta tarde. O corpo dela foi encaminhado para o Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) e o caso registrado como morte a esclarecer na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro de Campo Grande.

Nos siga no Google Notícias