A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019

28/09/2019 16:43

Indígenas vão até fazenda, cortam árvores nativas e param na delegacia

Eles foram presos em flagrante e serão indiciados por furto e corte de madeira de lei sem autorização

Maressa Mendonça

Dois homens de 36 e 48 anos foram presos em flagrante na manhã deste sábado (28), em Aquidauana por terem furtado árvores de uma fazenda. Segundo informações da Polícia Civil, Célio Francelino Fialho e Adier Pereira cortaram aroeiras, piúvas e jatobás para transformar em pranchas e vigas. Eles estavam transportando a madeira em um trator até a aldeia Bananal, onde moram, quando foram levados para a delegacia.

Por volta das 10h40, os investigadores receberam denúncias de furto de madeira e foram até a fazenda Anhumas, onde encontraram os homens cortando árvores nativas em área de mata fechada. Os policiais perceberam que tinham sido cortadas cinco árvores da espécie aroeira, três piúvas e dois jatobás. As árvores estavam sendo beneficiadas no próprio local.

O capataz da propriedade contou que os homens estavam transportando as madeiras por meio de um trator e carreta da Aldeia Bananal. Os indígenas foram detidos e levados para a delegacia do município.

A madeira apreendida ficou em um depósito da própria fazenda e o trator foi devolvido ao cacique da aldeia. As motosserras usadas pelos indígenas também foram entregues na delegacia.

O caso foi registrado como furto e corte ou transformação de madeira de lei em desacordo com a lei. As investigações sobre o caso continuam.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions