A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 29 de Junho de 2017

15/01/2013 07:14

Índios contratam corrida, roubam táxi e abandonam vítima em matagal

Francisco Júnior

Um taxista teve seu veículo roubado na manhã de ontem (14) por três índios na zona rural de Amambai.

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima, Hélio Ramão Martins, de 60 anos, relatou a Polícia que foi contratado pelos assaltantes para fazer uma corrida a Fazenda Tereza, quando no trajeto, os bandidos anunciaram o assalto. Um terceiro homem se juntou a dupla. Ele estava armado com uma faca.

O taxista foi amarrado e abandona em uma mata. Os bandidos fugiram levando o veículo.

A vítima conseguiu se desamarrar e acionou a Polícia. Rondas foram feitas na região, mas os policiais não conseguiram localizar os bandidos.

 




indios???? dúvidas
 
welington souza em 15/01/2013 22:26:12
É PESSOAL INDIO PODE NÉ? E NEM FICA PRESO.
 
ELYN MONTEIRO em 15/01/2013 10:58:49
Precisamos proteger os silvícolas! Demarcar suas terras...
 
ricardo rodrigues em 15/01/2013 09:38:02
Ainda bem que não mataram o coitado do taxista.
 
jose carlos em 15/01/2013 09:12:38
Índio não tem problema, pode fazer o que quiser que tem toda a segurança do pessoal dos Direitos Humanos, de países europeus e americanos e da própria mídia, salvo raríssimas exceções como essa notícia. Se foram mais de 2, é só tomar a terra de fazendeiros proprietários há décadas, de preferência na beira de estradas e rios e na região de Maracaju, Rio Brilhante, Sidrolândia, etc., aonde encontram-se as terras mais produtivas. 100.000 (CEM MIL) hectares pra cada um está bom. Vejam o recente exemplo da ex-fazenda da Suiá-Missu, na regiao do Araguaia, em Mato Grosso, que foram expropriados (através da Força Nacional, Policia Federal, PRF, PM e Policia Civil), aproximadamente 7.500 pessoas (de mamando a caducando) para assentar 200 (DUZENTOS) INDIOlentes, com tradição no campo da inércia.
 
José Antonio Sassioto em 15/01/2013 09:07:04
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions