A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

25/11/2015 17:17

Investigador da polícia agredido por preso morre a caminho do hospital

Renata Volpe Haddad

O investigador da Polícia Civil, Anderson Garcia da Costa, que foi agredido por um detento na manhã desta quarta-feira (25) em Pedro Gomes, distante 309 km de Campo Grande, morreu a caminho da Santa Casa da Capital.

Segundo informações do Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso do Sul), Anderson estava cuidando de um preso na delegacia, quando foi agredido na cabeça e no abdômen. O agressor apresentava distúrbios psicológicos.

A agressão só parou após o investigador atirar na perna do preso, que foi levado para atendimento médico na própria cidade.

O policial teve afundamento de crânio, foi encaminhado para o hospital em Coxim, porém, devido a gravidade dos ferimentos, estava sendo encaminhado para a Santa Casa, mas morreu dentro da ambulância.

Natural do Mato Grosso, Anderson era casado e estava há um ano em Pedro Gomes . O corpo dele está sendo encaminhado para o IMOL (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) e ainda segundo o Sinpol, a família ainda não decidiu onde o corpo será velado.

Agressão - Esta é a segunda agressão em menos de quatro dias a um investigador. No dia 22 de novembro, Arlei Marcelo Farias, foi atacado por presos que fugiram da delegacia de Itaquirai e levou 15 pontos da cabeça. Ele ainda está internado em Dourados.

De acordo com o Sinpol, a morte de Anderson é uma tragédia anunciada, pois várias vezes o sindicato denunciou as situações que ocorrem nas delegacias de Mato Grosso do Sul. Policiais civis acabam sofrendo um desvio de função, porque passou pela academia para fazer serviço de investigação, porém acaba fazenda a função de um agente penitenciário.



Bem se fosse o policial ter matado um vagabundo desse , muitos estavam dizendo que era isso e aquilo , se eu fosse policial eu teria mandado ele encontrar o capeta no meio do caminho , a ai Direitos Humanos vão na casa do policial saber se a familia dele esta bem e precisa de algo ,pq se fosse o preso que tivesse morrido iriam com toda certeza , e a população precisa saber que vcs recebem milhões pra defender vagabundo e muitos não sabem disso acha que é porque vcs querem ou seja a troco de muitos e muito dinheiro .
 
JEFF em 25/11/2015 20:27:02
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions