A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Novembro de 2019

17/10/2019 20:58

Jovem é presa com drogas e perde guarda do filho recém nascido

Bruna Marçal Roman, de 19 anos, usava tornozeleira e era velha conhecida da polícia por tráfico

Adriano Fernandes
Drogas e outros objetos apreendidos no endereço. (Foto: JNE) Drogas e outros objetos apreendidos no endereço. (Foto: JNE)

Bruna Marçal Roman, de 19 anos, foi presa na tarde desta quinta-feira (17), durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão em sua residência em Anastácio, cidade a 135 quilômetros de Campo Grande. O flagrante foi realizado em conjunto pela Polícia Militar e Civil, diante do descumprimento da jovem às medidas cautelares impostas pela justiça para que ela pudesse ser mantida em liberdade. 

Mesmo usando tornozeleira eletrônica e cuidando do filho, com apenas 13 dias de nascido, a jovem continuava traficando no local. Também estavam no endereço outras três crianças de 9, 8 e 4, sobrinhos da suspeita. As crianças foram encaminhadas para o Conselho Tutelar. No quarto da mulher, em cima de uma penteadeira os policiais encontraram nove papelotes de cocaína e no armário da cozinha maconha, além de duas balanças de precisão, para pesar a droga. 

Tanto Bruna quanto o seu marido, Pedro Henrique de Carvalho que está preso, são velhos conhecidos das forças policiais do município. Pedro também conhecido como “Dumbo” já foi preso diversas vezes e, inclusive, seu nome foi citado em operação do Gaeco (Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado), ocorrida após as prisões do delegado Eder Oliveira Moraes e da advogada MaryStella Martins de Oliveira.

A investigação apontou que Pedro e a esposa também integrariam, pelo menos, outros dois esquemas de tráfico de drogas na região, sendo denunciados por "participação essencial" na quadrilha liderada por Sandra Ramona da Silva, 40 anos, na qual Dumbo também faz parte.
Segundo a denúncia, os dois facilitaram as ações da quadrilha liderada por Sandra, presa pela Polícia Militar em março deste ano. A participação dos dois era essencial para a atividade criminosa desenvolvida por Sandra em Aquidauana e Anastácio.

Com a colaboração de Gisele Figueiredo

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions