A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

01/06/2016 06:38

Jovem de 20 anos é executada na rua e adolescente é principal suspeito

Renata Volpe Haddad
Adolescente disparou várias vezes na cabeça da jovem. A arma usada no crime é calibre 38. (Foto: Alisson Silva/ Edição de Notícias)Adolescente disparou várias vezes na cabeça da jovem. A arma usada no crime é calibre 38. (Foto: Alisson Silva/ Edição de Notícias)

Marineia Ramos Pinto, de 20 anos, foi executada com tiros na cabeça enquanto andava por uma rua no bairro Jorge Ritt em Coxim, distante 260 km de Campo Grande. O crime aconteceu no início da noite de ontem (31) e um adolescente de 17 anos foi apreendido acusado de ser o autor dos disparos e Fabrício Dorcelino Ramos Pinheiro, 19, preso por participar do crime.

Conforme informações do site Edição de Notícias, a jovem tinha várias passagens pela polícia. Os tiros foram disparados por uma arma de calibre 38. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas quando chegou ao local Marineia já estava sem vida.

O pai de Marineia contou que ela tem um histórico de desavenças, o mais recente, teria sido com a enteada de um policial. Segundo José Ramos da Silva, 58, a filha saia de um centro religioso quando foi agredida por duas meninas, que teriam feito um vídeo da agressão e espalhado nas redes sociais. Em seguida, a casa da vítima foi invadida, mas ela não estava no local. A suspeita é de que ela também seja usuária de drogas.

Logo depois do crime a Polícia Militar, inclusive a ROTAI (Rondas Ostensivas e Táticas do Interior) começaram a fazer buscas pelo autor. Em menos de três horas, uma força tarefa das polícias Civil e Militar conseguiu esclarecer a execução de Marineia.

O adolescente foi apreendido acusado de ter feito os disparos e Fabrício estava com o rapaz e teria escondido a arma do crime. Outro envolvido que está sendo procurado pela polícia e foi identificado como Jhoonatan da Silva, o Caramujo.

De acordo com a delegada Sandra Regina Simão de Brito, ainda existe contradição nas informações prestada por ambos, embora o adolescente tenha confessado a autoria dos disparos que matou a vítima.

O motivo seria o fato da jovem ser X9, ou seja, levava e trazia informações entre gangues rivais. Conforme o adolescente, foi Marineia quem revelou o paradeiro de Ozéias Teixeira Vicente, de 17 anos, que foi executado janeiro deste ano no Jardim do Pequi, em Coxim.

Prisões - O adolescente apontado como autor dos disparos foi preso por volta das 20h30, em sua casa na Vila Bela 3. Ele morava com a avó, que chegou a passar mal no momento da prisão, tendo de ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros, que encaminhou a vítima para o Hospital Regional Álvaro Fontoura.

Já Fabrício foi preso na Vila Mariana, no assentamento Vale do Taquari, em Coxim. O outro envolvido ainda não foi localizado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions