A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 23 de Março de 2017

04/04/2015 08:41

Jovens brigam, trocam tiros e um morre após ser ferido em perseguição

Ricardo Campos Jr.
Baleado, Bráulio perdeu o controle da direção e subiu no canteiro central (Foto: Osvaldo Duarte)Baleado, Bráulio perdeu o controle da direção e subiu no canteiro central (Foto: Osvaldo Duarte)

Braulio Guevara Lopes, 20 anos, morreu após ser baleado na madrugada deste sábado (4) na rua Benjamin Constant, em Dourados, a 233 km de Campo Grande. Segundo informações do boletim de ocorrência, o crime ocorreu após discussão entre um amigo da vítima, identificado apenas como Elvis, e um homem conhecido como “Bolacha”, suspeito do crime.

Consta no registro que os dois estavam armados durante o desentendimento. Depois da confusão, Braulio e Elvis entraram em um carro e seguiram em baixa velocidade pelas ruas da cidade.

Eles foram seguidos por Bolacha. Assim que eles entraram na rua Benjamin Constant, o suspeito os interceptou, desceu e atirou contra a vítima, que estava ao volante.

Baleado, o rapaz perdeu controle da direção, subiu no canteiro central e parou na contramão. Uma equipe da PM (Polícia Militar) foi acionada. A equipe chegou a ouvir os disparos enquanto se aproximava do local. Eles avistaram Elvis fora do veículo com uma arma na mão e o detiveram.

Uma viatura do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) chegou a ser acionada, mas quando os socorristas chegaram ao local, Bráulio já estava morto. O caso está sendo investigado.

Violência – A morte de Bráulio é o segundo caso de violência registrado em menos de vinte e quatro horas em Dourados. Valdemar Cabanhas da Silva Junior, 16 anos, foi assassinado na frente da namorada de 13 anos em Dourados na sexta-feira.

O crime foi na rua Tietê. O casal estava na frente da casa da vítima e um grupo de jovens chegou atirando. O rapaz foi atingido no peito, braço e tórax.

Conforme o Dourados News, na tentativa de ajudar o namorado, a adolescente entrou no meio dos suspeitos, sofrendo ferimentos no braço e na coxa.

O casal foi levado para o Hospital da Vida. O adolescente não resistiu aos ferimentos e morreu. A menina foi medicada e liberada. Em depoimento na 1ª delegacia de Polícia Civil, ela apontou os supostos autores, todos menores de 18 anos.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions