A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

26/11/2015 13:47

Ludimar troca pela segunda vez em seis meses secretários de Saúde e Finanças

Prefeito de Ponta Porã também trocou titulares de outros postos do primeiro escalão; ex-vice-prefeito assume Secretaria de Governo

Helio de Freitas, de Dourados
Ao lado de Eduardo Campos, Ludimar Novais assume posse de novos secretários (Foto: Lucho Rocha)Ao lado de Eduardo Campos, Ludimar Novais assume posse de novos secretários (Foto: Lucho Rocha)

O prefeito de Ponta Porã, Ludimar Novais, que recentemente se filiou ao PDT, mexeu de novo em parte da equipe de primeiro escalão. Pela segunda vez em seis meses, ele trocou os titulares das secretarias de Saúde e de Finanças e Planejamento, mas a mudança de maior peso ocorre na Secretaria de Governo, responsável pela articulação política.

O posto passa a ser ocupado pelo advogado Eduardo Esgaib Campos, ex-vice-prefeito na gestão de Flávio Kayatt. Embora amigos de infância, Ludimar e Campos eram adversários políticos recentes. Agora, o advogado assume a Secretaria de Governo com a missão de ajudar o prefeito a viabilizar sua candidatura à reeleição em 2016.

Ludimar empossou os novos titulares na tarde desta quarta-feira (25). Luiz Alexandre do Amaral deixou a Secretaria de Governo e assumiu a Procuradoria Geral do Município. A professora Tereza Sato entregou a Secretaria de Finanças e Planejamento para ficar apenas na presidência do Previporã, o instituto de previdência dos servidores municipais.

João Batista Sandri deixou a Secretaria de Obras e Urbanismo para ocupar a pasta de Finanças e Planejamento. Agnaldo Miudinho foi empossado na Secretaria de Obras e Urbanismo e Imad Ahmad Hazime é novo secretário municipal de Saúde, em substituição a Guilherme Gatass, que estava no cargo desde maio.

“São todos profissionais que chegam para nos ajudar, que vão se doar e que ganhariam mais fora do setor público, mas querem contribuir com Ponta Porã”, afirmou Ludimar.

Equipe menor e 13º depositado – Durante o ato, no Paço Municipal, o prefeito ressaltou o “momento difícil” do país, mas disse que faz uma administração “séria e enxuta”, com menos funcionários do que havia quando assumiu, em janeiro de 2013.

“Encontramos uma folha com 3.100 funcionários. Fizemos ajustes e vamos chegar ao final de 2016 com menos de três mil. Já cortamos mais de cem funcionários como forma de nos adequar a esse momento econômico, para garantir serviços para a população e honrar compromissos. Pagamos os salários antecipados e já depositamos o 13º deste ano. Até o dia 20 de dezembro todos vão receber. Além de conseguir pagar em dia, estamos tocando 39 obras”, afirmou.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions