ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, TERÇA  13    CAMPO GRANDE 23º

Interior

Mãe e irmão arrombam porta e salvam mulher de agressões do marido

Homem estava ingerindo álcool e fumando maconha quando violência doméstica começou

Por Ana Oshiro | 06/03/2021 11:30
O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Rio Brilhante. (Foto: Olimar Gamarra)
O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Rio Brilhante. (Foto: Olimar Gamarra)

Na noite desta sexta-feira (5) uma mulher, de 24 anos, foi salva das agressões do marido, que não teve a idade revelada, depois que a mãe e irmão tentaram arrombar a porta da casa e ameaçar chamar a polícia para prender o homem. A ocorrência foi registrada em Rio Brilhante, a 163 km da Capital.

A violência doméstica começou por volta das 23h, quando o homem, que estava ingerindo bebida alcoólica e fumando maconha, atacou a mulher. Segundo a vítima, o marido tentou estrangulá-la, puxou seus cabelos, bateu a cabeça dela contra a porta, e ainda a derrubou no chão. Durante as agressões o homem ameaçou a mulher, dizendo "você não me acompanha em nada, vou te matar, se você largar de mim vou te matar e matar a pessoa também.", contou a vítima.

Ele ainda trancou a esposa no quarto e, com uma faca nas mãos, avisou que a mataria ali mesmo, e mataria quem viesse atrás dele. Neste momento a mãe e o irmão da vítima chegaram a residência, eles tentaram entrar, mas a casa estava trancada. Após as tentativas de arrombamento, ameaçaram chamar a polícia.

Com medo, o homem abriu a porta e fugiu do local. De acordo com a vítima, essa não foi a primeira vez que o marido fez algo parecido, mas até o momento ela não havia registrado denúncias ou pedido medida protetiva. Com as agressões e ameaças da noite passada, a vítima registrou boletim de ocorrência e solicitou medida protetiva contra o marido, que ainda não foi localizado pela polícia.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário