ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SEXTA  14    CAMPO GRANDE 31º

Interior

Marido tentou incendiar outra casa em busca de esposa que fugiu em chamas

Mulher rolou no chão para apagar chamas do corpo e está sendo medicada no hospital

Por Dayene Paz | 11/04/2024 12:01
Hospital de Água Clara, onde vítima recebeu atendimento médico. (Foto: Rádio Caçula)
Hospital de Água Clara, onde vítima recebeu atendimento médico. (Foto: Rádio Caçula)

O homem que incendiou a esposa, em Água Clara, cidade a 193 km de Campo Grande, também tentou atear fogo na casa de outra pessoa. Ele acreditava que era o local onde a mulher estava escondida após fugir. O caso ocorreu na madrugada desta quarta-feira (10) e a vítima recebe atendimento médico.

O delegado Felipe Rossato explicou que a vítima é usuária de álcool e drogas. Há alguns dias, ela procurou a prefeitura da cidade, com intuito de uma internação voluntária para tratamento. Nesta terça, teve resposta positiva. "Recebeu a notícia que seria disponibilizada a vaga e comunicou ao companheiro", disse Rossato.

Contudo, o homem não queria que a esposa fosse internada. Houve discussão e ele a agrediu. Durante a madrugada, o casal já estava dormindo, quando o homem colocou um fogão para travar a porta - única saída da casa - e, em seguida, mandou a mulher embora.

A vítima acordou assustada e tentou sair da casa, mas o acesso estava bloqueado. "Então, ele pegou um balde com gasolina, ateou fogo e lançou em direção a vitima, momento em que as chamas acenderam", afirma o delegado. A vítima, no desespero, conseguiu tirar o fogão e rolou no chão do quintal para apagar as chamas.

Na sequência, ela correu para o hospital. "Enquanto ela se dirigia para a unidade de saúde, o companheiro supôs que a mulher foi até a casa de uma amiga. Então, pegou espuma de colchão, mais gasolina, e esqueiro", explica Rossato. O homem seguiu até a casa da amiga da vítima, entrou pelo telhado, mas não a encontrou. "Se deparou apenas com a moradora da casa", diz o delegado. O homem então abandonou os itens e foi embora.

Pouco tempo depois, acabou preso em flagrante pela Polícia Militar. Ele foi autuado por homicídio, na forma tentada, qualificado por motivo fútil, com emprego de fogo, meio de dificultou a defesa da vítima e feminicídio. A Polícia Civil pediu prisão preventiva para o homem e aguarda resposta da Justiça.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias