ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, SÁBADO  13    CAMPO GRANDE 

Interior

Ministério das Mulheres se reúne com indígenas de MS contra o feminicídio

As subsecretárias Cristiane Sant Anna e Pagu Fernandes visitaram aldeias em Ponta Porã, Amambai e Dourados

Mylena Fraiha | 29/06/2023 18:31
Pagu cumprimenta uma das representantes indígenas em reunião no MPF, em Dourados (Foto: Divulgação)
Pagu cumprimenta uma das representantes indígenas em reunião no MPF, em Dourados (Foto: Divulgação)

Nesta quinta-feira (29), representantes do Ministério das Mulheres, a pedido da ministra Aparecida Gonçalves, fizeram visitas em reservas indígenas de Amambai e Dourados. A proposta central do encontro foi promover uma Escuta Qualificada junto às mulheres indígenas, com foco no enfrentamento ao feminicídio.

A primeira visita feita pelas representantes do Ministério das Mulheres, a subsecretária de Estado de Políticas Públicas para Mulheres, Cristiane Sant Anna, e pela coordenadora-geral de Prevenção à Violência Contra a Mulher do Ministério, Pagu Rodrigues, a primeira visitação ocorreu em Ponta Porã e Jateí, na quarta feira (28).

Na manhã de hoje, Cristiane e Pagu estiveram na reserva indígena de Amambai, em reunião ocorrida na Escola Estadual da Reserva Indígena Amambai. No período da tarde, ambas participaram de encontro em Dourados, a 233 km da Capital, na sede do MPF (Ministério Público Federal).

Venderleia, membra da Kunangue Aty Guasu, discursa durante evento na Escola Estadual da Reserva Indígena de Amambai (Foto: Kunangue Aty Guasu)
Venderleia, membra da Kunangue Aty Guasu, discursa durante evento na Escola Estadual da Reserva Indígena de Amambai (Foto: Kunangue Aty Guasu)

A membra da Kuñangue Aty Guasu, Grande Assembleia de Mulheres Kaiowá e Guarani, Jaqueline Kuña Aranduhá, também esteve presente na reunião e fez alguns relatos. “Hoje a nossa organização lançou um relatório, no qual denunciamos muitas das violências em nossos territórios contra as mulheres indígenas. Ele foi entregue a Pagu Rodrigues, coordenadora-geral da violência contra as mulheres indígenas do Ministério das Mulheres”.

Segundo ela, a equipe do Ministério das Mulheres também esteve nos territórios Guarani Kaiowá para realizar escuta, levantamento e encaminhamento das situações de violência que têm ocorrido nesses locais.

Além de lideranças indígenas, também participou a coordenadora Especial das Políticas Públicas para Mulheres de Dourados, Andréia Bonito. "Neste momento, ouvir as reivindicações das mulheres indígenas de Dourados e retomadas é garantir um espaço de escuta às reivindicações, onde pode-se criar políticas públicas que atendam às especificidades das mulheres indígenas”, comenta.

O último encontro desta série ocorrerá na manhã de sexta-feira (30) e contará com a presença de lideranças indígenas das etnias Kadiwéu, Terena e Kinikinau. A reunião acontecerá em Campo Grande, no MIS (Museu da Imagem e do Som), situado na Avenida Fernando Correia da Costa, 559, 3º andar.

Nos siga no Google Notícias