ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  26    CAMPO GRANDE 31º

Interior

Morre em Dourados a segunda vítima de atentado na fronteira

Atentado ocorreu na noite de domingo (9) na cidade paraguaia de Capitán Bado

Por Kerolyn Araújo | 11/08/2020 06:56
Vítimas do atentado dentro do veículo alvo dos disparos. (Foto: Direto das Ruas)
Vítimas do atentado dentro do veículo alvo dos disparos. (Foto: Direto das Ruas)


Baleado com 18 tiros, sendo um deles na cabeça, Anderson da Silva, 21 anos, morreu na noite de segunda-feira (11) no Hospital da Vida, em Dourados. Ele sofreu atendado na noite de domingo (9) em Capitán Bado, cidade paraguaia na divisa com Coronel Sapucaia, a cerca de 400 quilômetros.

Anderson e o sobrinho, Freddy Gonzalez, 15 anos, estavam em um veículo Kia Soul quando foram surpreendidos pelos pistoleiros no cruzamento da Rua República da Argentina com a Presidente Franco, no Bairro São Miguel.

Os pistoleiros disparam várias vezes contra o carro. Freddy não resistiu aos ferimentos e morreu na hora. Anderson, ferido com 18 tiros, foi socorrido e levado para hospital de Ponta Porã. Devido à gravidade dos ferimentos, o jovem foi transferido para Dourados, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na noite de ontem.

Segundo o boletim de ocorrência, um dos disparos atingiu o crânio de Anderson.

Regras de comentário