ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 29º

Interior

Motorista de aplicativo é flagrado com 'galos de rinha' rumo à Bolívia

Os animais participariam de competição em Santa Cruz de La Sierra; homem responderá por crime de maus-tratos e pagará R$ 5 mil

Por Guilherme Correia | 15/07/2020 10:14
Caixas de papelão onde os galos eram transportados (Foto: Divulgação/PRF)
Caixas de papelão onde os galos eram transportados (Foto: Divulgação/PRF)

Durante a noite de ontem (14), motorista de aplicativo, de 45 anos, foi flagrado com 10 galos dentro de gaiolas feitas com papelão, que seriam utilizados para campeonato de 'rinhas' em Santa Cruz de La Sierra, cidade boliviana a aproximadamente mil quilômetros da fronteira com Mato Grosso do Sul.

Equipe da PRF (Polícia Rodoviária Federal) flagrou o homem, morador de São Paulo (SP), dirigindo um Fiat Siena com os animais, que tiveram as "esporas" (parte das patas) removidas, caracterizando crime de maus-tratos. Além disso, eles estavam presos sem ventilação em caixas dentro do porta-malas, dificultando respiração.

Banner da competição, com bandeiras do Brasil e Bolívia (Foto: Divulgação/PRF)
Banner da competição, com bandeiras do Brasil e Bolívia (Foto: Divulgação/PRF)

Banner publicitário encontrado no carro indicava que o campeonato seria na Bolívia. O motorista afirmou que foi contratado na capital paulista para levar os animais até Corumbá, distante 419 km de Campo Grande, onde entregaria a outra pessoa, que os levaria até Santa Cruz.

Aves e veículo foram apreendidos, o homem, que terá de pagar R$ 5 mil reais, foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Miranda, podendo ser punido em até um ano de detenção. Polícia Civil investiga o caso para identificar de quem eram os galos.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário