ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, DOMINGO  20    CAMPO GRANDE 21º

Interior

Motorista é preso ao entrar ilegalmente na Bolívia com 6 toneladas de produtos

Ele tentava levar até remédios para a Bolívia, mas foi preso em fiscalização da Receita

Por Izabela Sanchez | 14/08/2020 08:07
Carreta do caminhão estava lotada com seis toneladas de aliementos, produtos de higiene e até remédios (Foto: Divulgação/Receita)
Carreta do caminhão estava lotada com seis toneladas de aliementos, produtos de higiene e até remédios (Foto: Divulgação/Receita)

A Receita Federal apreendeu, na noite de quarta-feira (12), motorista boliviano de 47 anos que tentava levar 6 toneladas de mercadorias sem os documentos necessários para autorização aduaneira. Ele foi preso na fronteira entre Brasil e Bolívia, em Corumbá, a 419 km de Campo Grande.

Conforme pontua o Diário online, ele seguia com produtos brasileiros rumo ao país vizinho, mas acabou preso, e as mercadorias apreendidas, ao ser parado em fiscalização no Posto Esdras. O motorista apresentou documentos falsos.

O jornal cita que o motorista levava provisões diversas, incluindo vitaminas, materiais de higiene e remédios. Ele vai responder por falsidade ideológica e falsidade de documento público. Além da multa, perdeu o veículo, um caminhão com carreta, e as mercadorias.

Blitz da Receita – Ele foi abordado por servidores da Receita durante fiscalização no posto na noite de quarta com apoio da polícia militar. O motorista também tentava levar alimentos à Bolívia. As fiscalizações aumentaram na fronteira com a chegada da pandemia, que impôs proibição de trânsito entre os dois países.

Ainda assim, diversos estrangeiros têm tentado rotas alternativas e clandestinas. Ao Diário Online, a Receita pontuou que aumentaram as tentativas de enganar a fiscalização com documentos falsos nessa região.