ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  08    CAMPO GRANDE 19º

Interior

MS tem 10 pontos de rodovias bloqueados por índios

São sete bloqueios na 163, um na 267, um na 262 e outro na 463; estaduais também tem interdições

Por Helio de Freitas, de Dourados | 08/09/2021 14:50
Indígenas fazem cerimônia tradicional durante bloqueio da BR-163, em Caarapó. (Foto: Direto das Ruas)
Indígenas fazem cerimônia tradicional durante bloqueio da BR-163, em Caarapó. (Foto: Direto das Ruas)

Dez pontos de três rodovias federais estão bloqueados por povos indígenas, na tarde desta quarta-feira (8), em Mato Grosso do Sul. Assim como ocorre desde junho, as comunidades protestam contra o marco temporal, em andamento no STF (Supremo Tribunal Federal), e que pode acabar com centenas de demarcações de terra no País.

Segundo boletim da PRF (Polícia Rodoviária Federal), atualizado às 14h30, são sete bloqueios na BR-163, um na BR-267, outro na BR-262 e o décimo na BR-463.

Em Mundo Novo, a BR-163 está bloqueada no km 26. São cem manifestantes que liberam o fluxo de tempos em tempos. Em Itaquiraí, o bloqueio ocorre no km 60. São dez pessoas no protesto, mas com interdição total.

Em Naviraí, o bloqueio ocorre no km 135, feito por 20 manifestantes, também com liberação de tempos em tempos. Outro ponto de bloqueio ocorre no km 216, em Caarapó. São 50 manifestantes, também com liberação parcial momentânea.

Em Dourados, a BR-163 está bloqueada por 20 manifestantes no km 260, entre o Trevo do DOF e o Parque das Nações. A PRF (Polícia Rodoviária Federal) e a CCR MSVia estão desviando o tráfego pelo perímetro urbano. Caminhões estão parados nos trevos.

Nessa mesma rodovia, ainda há dois bloqueios no município de Rio Brilhante, na altura dos kms 303 e 308.

Em Maracaju, o bloqueio ocorre no km 358, da BR-267. Outro ponto de bloqueio ocorre na BR-262, na altura do km 542, em Miranda. Na BR-463, 50 manifestantes fazem interdição total na altura do km 53, em Ponta Porã.

Existem também interdições de rodovias estaduais. A Polícia Militar Rodoviária ainda não divulgou os pontos de bloqueio, mas em Dourados, há protestos na MS-156, na saída para Itaporã e na MS-379, entre o distrito de Panambi e Douradina.

Nos siga no Google Notícias